GaloKombi em vídeo

Loading...

domingo, 17 de junho de 2012

O Galo foi mal, mas o SPFW também. Por isso que deu raiva!

Galo perdeu de 1x0 pro SPFW e começou uma caça às bruxas no twitter, na imprensa e afins.
Danilinho já não tem representado nada há muito tempo.
Réver, hoje, não foi nem sombra daquele jogador das finais do mineiro e, especialmente, contra o Palmeiras.
Carlos César não pode ser levado a sério.
Marcos Rocha também tem vindo mal, mas pode render como nos tempos do América, desde que seja ajudado na defesa.
Jô não teve chances, e teve que procurar muito o jogo no meio campo.
André mostrou hoje porque de está na reserva.
Ronaldinho Gaúcho também não foi bem. Embora ainda precise de mais entrosamento, na bola parada foi mal. Parecia o Serginho e o Richarlyson.
O que me deixou indignado hoje, foi que o Galo foi mal, ao contrário da evolução que parecia acontecer na sequência dos últimos jogos, porém o SPFW também não foi nada demais.
Não fez uma boa partida, ficou no chutão boa parte do segundo tempo, e na grande oportunidade que Luis Fabiano teve o gol saiu.
E o pior foi que ele errou o chute. Se tivesse acertado, Giovanni poderia ter defendido. Ironias do futebol.
Como disse no Galocast 128: os únicos jogadores do SPFW que o Galo não poderia se descuidar eram Lucas e Luis Fabiano. E este fez o gol, na única boa oportunidade que teve, em lance que, na minha opinião, foi falha do Réver.
O Galo não fez um bom jogo, e assim, todos os jogadores do Galo foram mal. Só que uns foram piores que os outros. Se o desempenho é ruim, e alguns estão abaixo da média, é lógico que o resultado final não será bom.
E isso gera uma crítica, para aquele momento, e que o jogador tem que saber lidar. Se não sabe lidar com críticas no meio do futebol, vai estudar.
E no atual elenco do Atlético alguns jogadores tem estado mais mal que bem.
Ninguém é infalível, e todos os jogadores vão passar por altos e baixos. E é isso que Bernard, que novamente perdeu um gol feito, tem que entender.
Perder para o SPFW, no Morumbi, não seria um mau resultado, nem seria razão para proclamar o fim do mundo e nem iniciar uma caça às bruxas.
O problema hoje, contra o SPFW, foi perder para um time que, assim como o nosso, não merecia vencer. Foi isso que deu raiva.


#DeOlhoNoApito
Mais uma vez fomos vítimas da máfia do apito.
Embora não tenha sido tão descarado como contra o Palmeiras, depois de 2 gols legítimos anulados, e um monte de faltas não marcadas ou invertidas, tivemos contra o SPFW nova atuação decisiva da arbitragem.
Pra mim, houve falta clara no lance do Bernard, ainda no primeiro tempo, em que foi empurrado na entrada da área, e na sequência, o jogador do SPFW recua a bola. Ou seja, duas infranções no mesmo lance, e ambas não marcadas.
Uma falta do Douglas, para cartão amarelo, que representaria sua expulsão, não foi marcada, além de, pelo menos, um penalti claro em Rafael Marques.
Ou seja, novo prejuízo. E isso parece, cada dia mais, organizado, parecendo retaliação de Grobo, da CBF, e de outros interesses ocultos, obscuros, do futebol brasileiro.
Mais uma vez, em 2012 devemos continuar #DeOlhoNoApito!

Um comentário:

  1. Ótimo texto!

    A oscilação da qualidade dos jogadores, lê-se aqui RAÇA tbm, e as substituições, na minha opinião, errôneas, causam uma insegurança fora do comum. Hoje, contamos como o quê? O quê é regular no nosso Galo??

    Sei e defendo que todos somos falíveis, INCLUSIVE os jogadores, como citado. Sei que eu vou torcer sempre, haja o que houver. Mas do time todo, eu quero é RAÇA!! Não fomos menores hora nenhuma no jogo, batemos de igual mesmo jogando de maneira medíocre.
    Eu só quero CONFIAR no meu GALO, pq desconfiar, basta da arbitragem. Ponto.

    Saudações Alvi Negras.

    ResponderExcluir