GaloKombi em vídeo

Loading...

terça-feira, 22 de abril de 2014

FORA AUTUORI

Depois da incrível pelada contra o gambarinthians, que fomos obrigados a assistir por nossa incontrolável paixão alvinegra, não me resta mais dúvida: FORA AUTUORI!
E reitero porque já vinha dizendo isso há muito tempo, no Terreirão Cast (www.terreirao.com.br), já que nosso treinador, depois de longos quatro meses de trabalho, simplesmente, não conseguiu dar "a sua cara" ao time, com a aplicação, e sucesso, do seu "estilo de jogo" com toque de bola e pouco "chutão", para usar suas próprias palavras.
Tudo bem que Guilherme e Tardelli perderam chances imperdíveis, mas o problema é que, agora, não temos nem uma coisa nem outra.
Nem a tão propalada eficiência da defesa, algo que eu mesmo reconheci, reconheço mais.
O ataque é inoperante, parte por culpa do esquema adotado pelo técnico, que tirou alguns jogadores de suas originais posições, parte por culpa da má fase destes mesmos jogadores.
E a defesa, que embora não tome gols há 360 minutos, dá sustos na torcida dos mais variados níveis, mostrado que São Victor é milagreiro mesmo! Ora, se a defesa é boa, como única qualidade reconhecida pelo próprio técnico, então, tem alguma coisa muito errada, já que esses sustos não podem acontecer, nem Victor pode ser obrigado a fazer milagres a qualquer hora!
Logo, só me resta uma única conclusão: FORA AUTUORI!
Até porque, fui obrigado a concordar (quem diria) com JOSÉ TRAJANO!!! Explico: segunda, no Linha de Passe, durante os comentários sobre o jogo do São Paulo contra o Botafogo, em que a mesa debatia a mudança de postura tática do técnico Muricy Ramalho, ele levantou a questão da posse de bola do time, dizendo que, mesmo na zona de rebaixamento, o São Paulo de Muricy, ASSIM COMO DE SEU ANTECESSOR, detinha 60% ou mais de posse bola, porém, uma posse de bola ESTÉRIL, já que ESSA POSSE DE BOLA NÃO ERA TRADUZIDA EM JOGADAS PERIGOSAS OU COM PERIGO DE GOL.
Ou seja, a posse de bola não significava nada, já que não havia nenhuma jogada que levasse o time ao gol, EXATAMENTE O QUE ESTAMOS VENDO AGORA NO GALO!!!
E quem era o antecessor de Muricy no São Paulo???
FORA AUTUORI!!!

quinta-feira, 20 de março de 2014

GALO X NACIONAL EM DUAS PALAVRAS: FORA AUTUORI

Galo na Libertadores 2014: só rezando
Foto: Daniel Teobaldo/Soul Galo
Como disse o @Couttinho: Autuori vai afundar o Galo, como fez com o São Paulo, com o Grêmio e com Vasco.  Por isso, deve ser demitido o mais rápido possível.

E posso pedir a saída do técnico agora, porque não o critiquei com dois jogos. Mas, somente agora, com dois meses no comando técnico do Atlético, sendo que temos um amontoado de jogadores, sem esquema tático, sem jogadas.

O jogo contra o Nacional/PAR foi uma correria sem foco, com algumas poucas jogadas dignas de nota. Autori chegou dizendo que aplicaria uma mudança técnica e tática, para acabar com o esquema “correria” do Cuca e fazer o time dominar a bola e controlar o jogo com sequência de passes.

Mas, passados dois meses, não temos nada disso. Autuori desmontou o que o Cuca havia feito, que no final de sua passagem já não surtia o mesmo efeito, e precisava, sim, de uma mudança, mas também não conseguiu colocar em prática o que disse que iria fazer. Ou seja, além do mal momento de importantes jogadores (como analisaremos mais adiante), não temos um técnico que bote ordem na casa!

E, como bem disseram, na CBN, no final de sua entrevista: Autuori deu mais uma entrevista em que fala muito, mas não explica nada. E ainda por cima consegue ser mau educado com que está ali apenas para fazer o seu trabalho, que é questionar, e não puxar saco.

Como disse no Terreirão Cast n.º 8 (ouça aqui): Paulo Autuori já é detestado como o Adilson Batista...

Por fim, alguns comentários sobre alguns jogadores:

1. Ronaldinho Gaúcho tem que voltar a jogar bola. A desculpa de falta de ritmo já não cola mais, pois já são dois meses de treino. O fato de não ter sido convocado para a Seleção, não é o fim do mundo, que também não se resume a cantar funk e nem fazer pandeiro das bundas do mulherio que lhe dá o maior mole Menos música e mais futebol, né, R10! E mais, ficar se jogando no chão, para cavar pênaltis e faltas, igual ao Berola, por R$1.200.000,00/mês, é demais! Não tem desculpa.

2. Tardelli pode até estar jogando sozinho, como foi contra o Nacional, em que não conseguiu fazer quase nenhuma de suas jogadas de tabela ou passes curtos, e que piorou ainda mais com a saída de Fernandinho, um dos poucos que vinha fazendo a diferença. Suas torças de passes com Jô e Ronaldinho, simplesmente, não existiram no jogo de ontem. Aliás, tá rolando alguma treta com o Ronaldinho? Foi visível a distância entre eles.

3. O lugar do Jô É DENTRO DA ÁREA! Foi lá, fazendo gols de cabeça e com oportunismo, típico do atacante, que ele se consagrou no Galo em 2012 e garantiu suas convocações para a Seleção, inclusive, e provavelmente, para  Copa. Fora da área, com a bola nos pés, com aquelas pernas de bambu, igual aos bonecos de Olinda, ELE É NULO!

4. Dátolo não serve como lateral. E isso dispensa explicações. Basta ver suas apresentações nessa posição. Todo mundo sabe disso, menos o Autuori...

5. Berola é jogador de 15 minutos, de Série B e de campeonato mineiro. Suas limitações técnicas e físicas são evidentes, e não se pode depender, na Libertadores, de um jogador assim. Lembre-se disso quando pedi-lo em campo. Ah, e ele errou aquele “voleio” que acabou em gol mais bonito da rodada no mineiro (repito: no campeonato mineiro!).

quinta-feira, 13 de março de 2014

GALO X NACIONAL - ENFIM UMA PARTIDA CONVINCENTE

Foto: Daniel Teobaldo/SoulGalo
Achei o time do Galo muito bem ontem, especialmente no primeiro tempo, em que reagiu e virou o placar de forma bem convincente. O segundo tempo é que foi de matar.

Muito embora o Nacional não tenha dado um chute certo no gol do Victor, pressionou muito, e o pênalti, sem entrar no mérito de sua existência ou não, pois naquela circunstância poderia ou não ser marcado, a tática de segurar o resultado é arriscada porque aumenta a pressão sobre a defesa. É uma estratégia de risco, que não deu certo.

Segurar resultado não pode ser opção pro Galo. Isso é a cara do Autuori, que tem que entender que isso não pode ser opção para o Atlético, ainda mais com elenco que tem, e, principalmente, a importância que tem na Libertadores.

Ronaldinho fez a sua melhor partida este ano, na minha opinião. Criou, acertou passes e lançamentos, coisa que não vinha acontecendo.

Achei sua substituição, como parte da estratégia de segurar o resultado, equivocadíssima. Em campo, Ronaldinho é sempre perigoso! Mesmo não jogando tudo o que sabe, pois chama a marcação, impõe medo e respeito ao adversário. E como craque que é, faz uma grande jogada e decide o jogo.

Pra segurar o resultado, como queria o Autuori, algum jogador de defesa poderia entrar, mas não no lugar do Ronaldinho.

Enfim, foi a primeira vez que o time me convenceu neste ano. Ao mesmo time que jogou o primeiro tempo. São sete pontos conquistados em nove disputados, com dois jogos fora de casa.

É um desempenho longe de ser considerado ruim. Ao contrário! Tem time aí, endeusado pela imprensa, que não chegou nem perto disso.


Vamo que vamo!!!

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

DIA DE GALO NO HORTO E NA FUTFANATICS

O Campeão da Libertadores de 2013 entra em campo hoje, em sua segunda batalha pela reconquista da América.

Um jogo extremamente difícil, em face das circunstâncias que envolvem o time, os recentes jogos pelo mineiro, e o próprio jogo contra o Zamora, além da possibilidade da expectativa sobre o Santa Fé, tendo em vista sua participação na Libertadores do ano passado.

Mas, se o Galo quiser repetir a façanha, ter em 2015, o reconhecido que já tem este ano, colado na camisa, tem que se superar e vencer, ainda mais jogando em casa!


E não é só o Galo que tem a camisa com o patch da Comenbol do título da Libertadores de 2013.

VOCÊ TAMBÉM PODE TER!

Para isso, clique na imagem acima, e veja o preço camarada e as melhores condições de pagamento, que só a FutFanatics está fazendo por esta verdadeira raridade (já que a Puma será a nova fornecedora de material esportivo).

Então, não perca tempo! Acesse www.futfanatics.com.br e compre a sua! Eu já comprei!!!

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

A ATLETICANIDADE COMPETITIVA

POr Luiz Sérgio Grossi (originalmente publicado no perfil do Facebook)

Há algum tempo venho percebendo uma certa cisão dentro da torcida do Galo. Em princípio, nada que me incomodasse pois, vivendo o Atlético há exatos 38 anos, sei bem o que a paixão pela instituição pode fazer, principalmente no calor das partidas ou, após marcantes fracassos. Mas o motivo de escrever sobre isso nasceu a partir de comentários postados via internet acerca de um debate semanal, entre atleticanos (e obviamente sobre o Galo) do qual participo com alguns amigos que o Galo me presenteou.
Esse debate já existia há alguns anos, eu inclusive não faço parte do início desse movimento.
Contudo, esse ano, nosso debate ganhou uma exposição maior por um veículo de comunicação famoso e, claro, críticas e elogios aparecem aos montes.
E, voltando ao início, percebo da parte dos Atleticanos, um sarcasmo exagerado e uma intenção nítida em diminuir aqueles (e aqui me refiro apenas aos Atleticanos) que criticam o clube, a direção, a comissão técnica ou os jogadores. Uma clara intenção de se promulgarem “mais Atleticanos que os outros “ou “superAtleticanos”. Os demais, que não se encaixam nesse perfil, são simplesmente rotulados de “cornetas” e desprezados como elementos desnecessários dentro da torcida.
Deixo claro aqui, como frequentador de estádio desde 1984, muito bem ensinado pelo meu falecido pai, (e ainda digo que, hoje, critico muito menos o Galo depois de sua passagem) que não se vaia o time durante o jogo. Repudio tal comportamento dentro do estádio. Mas acho válido, e defendo até o fim, o direito do atleticano se expressar contra o que ou quem ele achar necessário.
Uma coisa é discordar do outro durante o jogo, fazer uma brincadeira de “corneta” e por aí vai. Mas o que tenho visto vai além disso. Esses “superAtleticanos” são capazes de detonarem e fazerem chacota daqueles que criticam a instituição. E isso fica mais acentuado após os últimos dois anos.
Alcançamos uma grande conquista. Estamos tendo o privilégio de ver o grande time do galo de nossas vidas em campo até hoje. Nesse cenário, criticar o time ou qualquer membro do clube, vira pecado mortal.
Gostaria de lembrar aos “superAtleticanos” que esse comportamento totalmente permissivo em relação ao que acontece com o Galo nos levou ao fundo do poço em 2005! Foi fruto de sabermos que esse amor é indestrutível! Cair para a série B não diminuiu em nada a minha Atleticanidade. Pelo contrário. Mas reduziu estrondosamente a auto-estima de qualquer Atleticano que se preze. Ver o Galo desrespeitado, atolado em dívidas, era algo desesperador.
Mas, lembro como se fosse hoje, de falar a um amigo: “Cara, se nos recuperarmos, minimamente, como é esperado pela grandeza do clube e da torcida, Belo Horizonte terá 2 times , no futuro, comparáveis aos de Barcelona, sendo, o Galo, o Espanyol”!
E graças a Deus eu estava REDONDAMENTE ENGANADO!
Em 2006 começaram vários movimentos de torcedores ditos “cornetas”, no sentido de de trazer o Galo de volta ao seu devido lugar. O Coutinho, o Galo Kombi e o Zeca Espora que o digam!
Esses “cornetas” se organizaram dentro do estádio e fora dele. Cobraram da diretoria e do time o que é de direito do Clube Atlético Mineiro.
E como esse essa torcida e essa camisa não têm explicação, o Galo trilhou, em 8 anos (outros clubes não conseguiriam isso em décadas) um caminho que parecia impossível: somos campeões continentais!
E não chegamos lá sem “cornetar”! Os 6 x1 que o digam!
Olho para o time hoje e continuo enxergando o melhor time da América, a despeito das baixas do Bernard, do Cuca, do Júnior César e dos vários contundidos.
Mas estamos enfrentando, sim , uma transição.
Autuori não é, nem nunca foi, o técnico de escolha para 90% da Massa. Mas, reconheço, (e já o fiz desde o jogo do Zamora)que vejo um novo estilo de jogo sendo implantado. Vejo laterais marcando mais, vejo mais posse de bola, vejo menos ligação direta entre defesa e ataque (o famoso “chutão”para o pivô do Jô). Tenho fé de que passaremos bem pela fase de grupos (por sorte caímos em grupo bastante acessível, ao contrário do ano passado)e chegaremos ao mata-mata jogando em nosso melhor nível.
Para finalizar, gostaria de deixar alguns recados aos caríssimos amigos “superAtleticanos”que nos honraram ouvindo o último podcast:
.Em NENHUMA hipótese (e falo também pelos meus parceiros de resenha), torcemos ou torceremos contra o Atlético para ver queda de treinador. Isso fica bem claro pelas nossas falas.
.Nenhum de nós torce pelo insucesso do nosso atual treinador. Entre duvidar da capacidade dele (os trabalhos anteriores não foram bons) e desejar o insucesso existe uma distância abissal. E, como acontece sempre: vestiu o Manto Alvinegro, é parte da família (R10 não gozava de nenhuma simpatia da minha parte até 2012 e hoje compro qualquer pelo cara).
.Tardelli, como já disse exaustivamente aqui, é BOM jogador. Conseguirá ser mais ser mais que isso? Conseguirá aparecer nos jogos decisivos? (Léo Silva deve ter um décimo dos recursos técnicos do Diego Tardelli e será lembrado para sempre). Sou fã do seu futebol, Tardelli. Você pode oferecer mais ao Galo! Por hora: INSUFICIENTE (ainda que a imprensa paulista brade por você na seleção). Vamos falar menos e jogar mais bola, meu caro!
.Humildade nunca fez mal a ninguém, ainda mais ao Atleticano, bem familiarizado nesse assunto de arrogância (mais pelas rivais, é claro). As comparações esdrúxulas entre Galo e Barcelona, Galo e Bayern de Munique, Autuori e Guardiola são tão imbecis que prefiro pedir aos “superAtleticanos” que as escreveram calçarem as sandálias da humildade e atinarem que melhoramos estupidamente em relação a 2005. Mas queremos mais! E para conquistarmos mais é preciso COBRANÇA! Depois do jogo! Fora da arquibancada!
Abraço a todos!
GALO SEMPRE!

Luiz Sergio Grossi Ferreira
Atleticano
Corneta???
Comentarista do Terreirão Cast da globoesporte.com
www.terreirao.com.br

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

HOMENAGEM AO AMIGO AMAURI DE OLIVEIRA DO CLUBE DO FUSCA BH

Nesta manhã tive a triste notícia do falecimento de um grande amigo que tive o prazer de conhecer por causa da GaloKombi.
Amauri de Oliveira, presidente do Clube do Fusca BH, e do Klube da Kombi de BH, fundado no fim do ao passado, com a fim da produção da Kombi, faleceu ontem no Rio de Janeiro.
Uma perda lastimável para o mundo dos Fuscas e Kombis, de um cara apaixonado pelo que fazia, e que sabia como ninguém cuidar dos VW antigos.
Deixo aqui meu abraço à Silvana, sua esposa, e aos seus filhos.
Vai com Deus, Amauri! Na sua Kombi!!!




http://estadodeminas.vrum.com.br/app/noticia/noticias/2014/02/19/interna_noticias,49132/morre-presidente-do-clube-do-fusca-belo-horizonte.shtml

OBRIGADO, GOVERNO DO MEU PAÍS

Vídeo do Canal High Torque, com uma "homenagem" especial aos governantes dessa porcaria chamada Brasil.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

O LIVRO DA KOMBI

A VW lançou um livro com todas as mensagens daqueles que as enviaram ao site de despedida da Kombi.


E nós estamos lá, com foto do amigo Daniel Teobaldo (@daniteo), na página 40:


O livro está a venda aqui

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

8 RAZÕES PARA NÃO NOS METERMOS NA TRETA DO TINGA

1. Quaisquer providências sobre o fato devem ser tomadas pela diretoria azul;
2. O Tinga já recebeu apoio de toda a comunidade desportiva, política, de direitos humanos, etc., e não precisa do apoio, em campo, da torcida do Galo;
3. O foco é o clássico, que tem que ser vencido pelo Galo;
4. Ele declarou, expressamente, que não torceria pelo Atlético na final do mundial interclubes;
5. Preconceito por preconceito, a torcida azul já ofendeu o jogador de vôlei;
6. Preconceito por preconceito, a torcida azul já ofendeu Richarlyson, e ninguém, nem político, nem jogador, nem diretoria, nem torcida, de nenhum clube, saiu em sua defesa ou se manifestou contra esse tipo de comportamento;
7. A mesma diretoria que alegou que o clube não tem nada a ver com as tretas da torcida, quer que o time peruano perca os pontos da partida por causa das ofensas da torcida;

8. Se a questão do racismo transcende o futebol, não há porque trazer este fato, novamente, para dentro do estádio, especialmente em dia de clássico.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

2014 ainda não começou no futebol do Galo.


O Galo venceu o jogo contra o Zamora por 1x0, conseguindo uma façanha incrível: venceu sem dar um chute certo ao gol, já que Jô marcou de cabeça.
Ontem foi o 5º jogo do time do Autuori. Ou seja, chegou-se no limite do que ele mesmo propôs como condição ideal de jogo. Alguém achou aquilo que foi jogado ontem como ideal? O Autuori achar isso, como sugerido em suas entrevistas pós-jogo, não conta! E o jogo contra o Tupi conta, sim, já que ele é o chefe da bagaça toda!
Tardelli reclama das críticas da torcida, dizendo que criticar não vai adiantar nada. Será que ele ouviu o @terrieraocast 4? Alguém avisa para ele que reclamar e criticar é só o que sobra para a torcida, que está no seu papel!
Agora, se o problema é falta de ritmo, como foi dito por boa parte do elenco e comissão técnica, e acredito, sim, que isso seja parte do problema, então não pode poupar jogador no campeonato mineiro. Tem que colocar todo mundo pra jogar e correr. Sem essa de que jogar em campo ruim é arriscado e pode ser prejudicial. Foda-se! Se o problema é ritmo, só jogando que esse problema vai desaparecer!
O sossego do treinador, que mesmo diante de todas as falhas vistas, e não se moveu para tentar resolver, deixando todas as substituições para depois do gol, foi irritante. Nem sei como adjetificar isso!
A verdade é que a falta de planejamento, a inércia da diretoria e a improvisação é que fizeram com que o time se desintegrasse com as saídas de jogadores importantes e as baixas médicas, sem recomposição à altura.
Isso dá calafrios na torcida ao imaginar o que ainda vem pela frente...
A coisa tá feita, e como sempre, ainda pode piorar, se nada for feito.
2014 ainda não começou no futebol do Galo.
_______________________________
PS. continue ajudando a Vakinha da GaloKombi. Acesse o banner aí do lado esquerdo e colabore!

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

A REVISTA FRANCE FOOTBALL E A COPA NO BRASIL.


A renomada revista FRANCE FOOTBALL traz sempre belíssimas capas, ilustradas com fotos de lances sensacionais, gols, voleios, troféus, torcidas celebrando com suas bandeiras, etc… mas esta semana veio com uma “Edição de Luto”. A capa toda negra, em anexo, onde se lê “Peur sur le Mondial”, algo como: “O mundial do medo”, sendo que a letra “O” da palavra “mondial” está a bandeira do Brasil, e onde deveria estar escrito “Ordem e Progresso”, foi colocada uma tarja negra. (foto ilustrativa) No subtítulo diz: Atingido por uma crise econômica e social, o Brasil está longe de ser aquele paraíso imaginado pela FIFA para organizar uma Copa do Mundo, a menos de 5 meses do mundial, o Brasil virou uma terrível fonte de angústia. A revista FF é a mais respeitada publicação de futebol no mundo. O prêmio “Ballon d’Or”, foi criado por ela, e a FIFA teve que pagar para ter o direito de promover tal prêmio. Também foi dela a série de reportagens que culminaram na suspensão do campeonato Italiano de 2005/06, assim como as denúncias de corrupção que resultaram na queda de João Havelange. A revista pode ser acessada no site: https://www.epresse.fr/magazine/francefootball/2014-01-28 apenas se vê a capa, a reportagem, de 12 páginas, não está liberada no Brasil.
 
ALGUNS FATOS SOBRE A COPA: 
 
- POLÍTICA: 
Apesar do lema brasileiro: “Ordem e Progresso”, o que menos se vê na preparação deste mundial, é Ordem ou Progresso. - A FIFA não pediu o Brasil para sediar a Copa, foi o Brasil que procurou a FIFA e fez a proposta. - A corrupção no Brasil é endêmica, do povo ao governo. - A burocracia é cultural, tudo precisa ser carimbado, gerando milhões para os Cartórios. - Tudo se desenvolve a base de propinas. - Todo o alto escalão do governo Lula está preso por corrupção, mas os artistas e grande parte da população acham que eles são honestos, e fazem campanhas para recolher dinheiro para eles. - Hoje, tudo que acontece de errado no Brasil, a culpa é da FIFA, antes era dos EUA, já foi de Portugal, o brasileiro não tem culpa de nada. - O Brasileiro dá mais importância ao futebol do que à política. - O Brasileiro elege jogadores de futebol para cargos públicos. - Romário (ex-Barcelona) é hoje deputado. Aproveita o descontentamento com a Copa para se auto-promover, mas nunca apresentou um projeto de lei sobre saúde ou educação. Sua meta é dar ingresso da Copa para pobre(como se essa fosse a prioridade para um pobre brasileiro) - O Deputado mais votado do Brasil é um palhaço analfabeto e banguela, que faz uma dança ridícula, com roupas igualmente ridículas, e seu bordão é: “pior que está não fica”. Será? - Em uma das músicas deste palhaço analfabeto ele diz: “Ele é ladrão mas é meu amigo!”, Isso traduz bem o espírito do Brasileiro. ( http://letras.mus.br/tiririca/176533/ ) - Brasileiros se identificam com analfabetos. - A carga tributária do Brasil é altíssima maior que a da França, e os serviços públicos são péssimos comparáveis aos do Congo. - Mas o Brasileiro médio pensa que ele mora na Suíça. Quem está lá, na verdade, é a FIFA. - Há um dito popular que diz que “Deus é brasileiro”. - A FIFA, como imagem institucional, busca não associar-se a ditaduras. Tanto que excluiu a África do Sul na época do Aparthaid e, ao contrário do COI, recusou a candidatura da China, apesar das ótimas condições que o país oferecia. Mas o Brasil, sede da Copa, vive um caso de amor com ditaduras. - O Brasil pleiteava uma cadeira no Conselho de Segurança da ONU, para sentar-se ao lado França, mas devido ao seu alinhamento com ditaduras, a França já se manifestou contrariamente. - A Presidente Brasileira parece estar alienada da realidade e diz que será o melhor mundial de todos os tempos, isso, melhor que o do Japão, dos EUA, da França, da Alemanha.http://www.youtube.com/watch?v=urmR5fXMJu8 - Só ela pensa assim, na FIFA se fala em maior erro estratégico da história da Instituição. 
 
CONFRONTOS: 
Ano passado os brasileiros saíram as ruas para manifestar, pela primeira vez se viu um movimento assim num país acostumado a inércia, mas o Governo disse que eles eram baderneiros e reprimiu o movimento com violência. 2 mortos, mais de 2000 feridos, mais de 2000 prisões. Ninguém responsabilizado... - Há um movimento chamado “Black Blocs” que ameaça revidar a violência do Governo. - Há um # hastag que já foi repetido mais de 500.000.000 de vezes em redes sociais e ameaça #naovaitercopa - Os próprios brasileiros pedem para os estrangeiros não irem para o Brasil. Há milhares de vídeos feitos por brasileiros neste sentido : http://www.youtube.com/watch?v=0A-mFVEE7Ng - O governo brasileiro acaba de gastar 400milhões de Euros com compras de armas para a polícia e disse estar disposto a colocar o exército na rua para proteger a Copa contra os…. Brasileiros (???) Isso mesmo, o governo está ameaçando seu próprio povo. - Há um movimento de alguns jogadores de futebol, liderado pelo ídolo do Lyon (França) Juninho Pernambucano, chamado “Bom Senso”, pedindo conscientização dos jogadores. - Analisando os países sedes desde 1970, o número de mortes em estádios, nos 16 anos prévios a cada edição da Copa: México: (1970): 06 mortes; Alemanha (1974): 00 mortes; Argentina (1978): 04 mortes; Espanha (1982): 00 mortes; México (1986): 12 mortes; Itália (1990): 00 mortes; EUA (1994): 00 mortes; França (1998): 00 mortes; Japão (2002): 00 mortes; Coreia do Sul (2002): 00 mortes; Alemanha: (2006): 00 mortes; Africa do Sul: (2010): 17 mortes; Brasil: (2014): 234 mortes; - http://www.youtube.com/watch?v=8bn17OLPyOY
 
OBRAS:
O Brasil foi o país que teve mais tempo na história de todos os mundiais para prepará-lo: 7 anos, mas o Brasil é o mais atrasado. - O Francês Jérome Valcke, secretário geral da FIFA criticou o Brasil pelos atrasos. O governo brasileiro disse que não conversaria mais com Jérome Valcke. - A França teve apenas 3 anos, e finalizou as obras 1 ano e 2 meses antes. - A África do Sul teve 5 anos, e terminou com 5 meses de antecedência. - Há pouco mais de 3 meses da Copa, o Brasil ainda tem que fazer 15% do previsto. - O custo do “Stade de France” foi de 280 milhões de Euros(o mais caro da França), uma vergonha se comparado ao “Olimpiastadium” sede da final da Copa da Alemanha em 2006, que consumiu menos de 140 milhões de Euros. - Mas perto do Brasil isso não é nada. Cada estádio custa em média mais de 1/2 bilhão de Euros. - E o dinheiro sai do bolso do Brasileiro. Tudo é financiado com recursos públicos. Na França tudo foi financiado com recursos privados. - Mas o custo não é alto porque os trabalhadores recebem muito. Os trabalhadores recebem salários de fome. - As empreiteiras é que ganham muito e há muita corrupção para os políticos. - Não há segurança para os trabalhadores, acidentes e mortes são comuns. Na França o número de mortes nas construções foi 0(zero) - Mesmo com os milhões a mais, os Estádios são ruins. - Em 2007 o Brasil construiu um estádio para o Panamericano do Rio e homenageou quem???? Um diretor da FIFA, um brasileiro, corrupto para variar: João Havelange! No Brasil corruptos recebem homenagens. - O estádio era tão ruim que não durou nem 6 anos. Isso mesmo, 6 anos…. - Hoje o estádio está interditado e não recebe mais jogos. Detalhe: custou mais de 150 milhões de Euros(mais do que o Estádio do Olympic de Marseille), e hoje serve de ninho para pombos. - Na França, os Estádios são multi-uso, servem para competições olímpicas, jogos de Rugby, e são centro de lazer, com lojas e restaurantes e estacionamento nos outros dias da semana. No Brasil são usados só para jogos. - Em Brasília estão construindo um Estádio para 68.000 pessoas, sendo que o time local está na quarta divisão do campeonato brasileiro e tem média de público de 600 pagantes. Tudo com financiamento público. - Em São Paulo há 2 estádios, Morumbi e Pacaembú, ao invés de reformá-los, construíram um 3o. estádio, Itaquerão, 23km do centro da cidade e sem metrô até lá. - O ex-presidente Lula, torcedor do Corinthians, empenhou-se pessoalmente para que construíssem este estádio em vez de reformar um dos outros 2 já existentes. - Exceto seus correligionários, ninguém acredita que Lula foi movido por amor ao “Timão” . - Lula é amigo íntimo de Marcelo Bahia, Diretor da Odebrecht, vencedora da licitação. Um reforma custaria menos de 100 milhões de Euros, um novo estádio tinha previsão de custo inicial de 300 milhões de Euros (mas já passou de 500 milhões) um dos mais caros da história da humanidade. Lula e Marcelo são constantemente vistos em caríssimos restaurantes de Paris, tomando bons vinhos franceses. Lula, claro, se declara socialista. - Este estádio é igualmente ruim, alagamento, péssima infraestrutura, e antes mesmo de inaugurar já caiu, matando funcionários. vide: http://oglobo.globo.com/esportes/video-mostra-momento-do-acidente-no-itaquerao-10911765
 
TRANSPORTES:
A atual presidente Dilma Rousseff garantiu que faria um trem-bala, nos moldes do TGV Francês, que ligaria 4 cidades-sede: SP-RJ-BH-Brasilia. A promessa está gravada em redes sociais. (http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,governo-garante-trem-bala-pronto-ate-a-copa-de-2014,381839,0.htm ) - Em 2009 foram aprovados 13 bilhões de Euros no PAC, uma soma gigantesca de dinheiro, suficiente para construir um TGV de Paris a Cabul no Afeganistão. Nunca se viu um orçamento tão alto. - Mas o dinheiro desapareceu e nem um único centímetro do TGV brasileiro foi construído. - Nenhum brasileiro cobra da Dilma a responsabilidade sobre a promessa do trem bala. - Nenhuma das cidades-sede tem metrô até o Aeroporto. - Os táxis são caríssimos e os taxistas fazem trajetos mais longos com os estrangeiros que não conhecem a cidade. - Aprenda português, pois os taxistas não falam nem espanhol, francês não existe. Inglês nem pensar! Para os taxistas não há cursos de inglês financiados pelo governo, mas para as prostitutas sim. Parece piada, mas é verdade: (vide: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/01/1211528-prostitutas-de-bh-tem-aulas-gratis-de-ingles-para-se-preparar-para-a-copa.shtml ) - É assim que o Brasil está se preparando para receber os turistas, ensinando inglês para as prostitutas. Pergunte se há um programa assim para policiais??? - Metrôs não funcionam bem, não cobre nem 10% das cidades ou simplesmente não existem. - Os ônibus são precários, com muitos atrasos. - O sistema de ônibus é complicadíssimo e ineficiente. - Diariamente os ônibus são atacados por gangues que lhes ateiam fogo sob ordem de criminosos ou simplesmente para protestar. - Às vezes não dá tempo do passageiro sair correndo e morre carbonizado. - Ninguém é preso, mas as autoridades dizem: “estamos investigando…” - O aeroporto da Megalópolis São Paulo tem uma capacidade de receber vôos inferior ao Aeroporto da pequena cidade de Orly, no interior da França. - Os preços de passagens de aviões dispararam. Por um trajeto de 400km chegam a cobrar 1.000 euros durante a copa. - Como o Brasil não tem infraestrutura, não aproveitará a alta demanda, devendo permitir que empresas aéreas estrangeiras atuem durante a Copa, o lucro virá para a Europa ou os EUA. - Aluguel de carros é caríssimo, e, como disse um ex-presidente brasileiro, Fernando Collor, também afastado por corrupção, os carros brasileiros são carroças, sem os principais itens de segurança. - Muito cuidado ao dirigir, o trânsito é uma selvageria. Sinalização, quando existe, é exclusivamente em português. - Ônibus lotados a toda velocidade, dividem faixas com carroças, mendigos que puxam carros de ferro-velho, motoqueiros cruzando faixas sem sinalizar, pessoas xingando, engarrafamentos de horas. Em São Paulo chega a passar de 300km de engarrafamento, dentro da cidade, o maior da humanidade. - Faixa de pedestre não serve para nada, não espere que os carros parem. Atropelam, matam e fogem. - Não tente andar de bicicleta, será atropelado ou roubado. - As estradas estão caindo aos pedaços, sem sinalização e o número de mortes em acidentes de trânsito em 2008 foi de 57.166, na França, 399, ou seja, quase 15.000% a mais de mortes, e levando em conta que no Brasil não há acidentes por neve ou gelo na pista. - Apesar do Brasil ser autossuficiente em petróleo e estar do lado de países da OPEP, como Venezuela e Equador, a gasolina uma das mais caras do mundo, e de péssima qualidade, misturada com etanol e solvente de borracha, não há fiscalização nos postos. - Mas o Brasileiro defende o monopólio do petróleo. É o único país do mundo onde os consumidores acham que o monopólio é bom para o consumidor, e não para o monopolista. - Não existe transporte fluvial, apesar de ser o país com mais rios no mundo. O Brasil deveria investir em barcos, todo ano as cidades alagam. Videhttp://www.youtube.com/watch?v=aNHnPUcZOFA - As autoridades dizem que foram pegas de surpresa! - Não há transporte por trens. 
 
SAÚDE: 
Reze para não ter problemas de saúde enquanto estiver alí. - Vacina contra febre amarela é recomendada. - Use repelentes, no Brasil ainda há pessoas morrendo com dengue, malária ou doença de chagas, já erradicadas na França no século XVIII. - Faça um seguro de saúde privado antes de ir ao Brasil. - Médicos privados cobram mais de 100Eurs por consultas de 20 minutos. - Os hospitais públicos são péssimos. vide http://www.youtube.com/watch?v=cE9znkKV--k comparáveis a zonas de guerra. - Nos últimos 10 anos o número de leitos em hospitais públicos caiu 15%. videhttp://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/em-11-anos-taxa-de-leitos-hospitalares-caiu-15-no-brasil-o-bravateiro-no-entanto-dava-licoes-a-obama-vinda-de-cubanos-serve-para-demonizar-medicos-brasileiros-e-e-projeto-ideologico-dos-paises-do/ - O Brasil precisa importar médicos de Cuba, já que não tem competência para formar médicos no próprio país. Acredite: Há um programa governamental para isso. - O Brasil gasta apenas 4% do seu PIB com saúde, e 12% com pagamentos de funcionários públicos. Nos últimos anos o gasto com funcionários cresceu, e com saúde encolheu. - A França gasta 12% com saúde e 4% com funcionalismo. - Resultado: Brasil é 72. entre 100 países pesquisados pela OMS, a França 7. - O craque Zinédine Zidane já era mal visto no Brasil, por ser responsável direto por 2 derrotas humilhantes da “canarinha” em mundiais. Ao saber que o Brasil sediaria a Copa, Zidane afirmou que o Brasil tinha outras prioridades, como a saúde, não os Estádios. - Ronaldinho Fenômeno rebateu a frase dizendo que “não se faz copa com hospitais”. vide http://www.youtube.com/watch?v=uRRoXJQf8f0 - A frase de Ronaldinho Fenômeno virou hit no Twitter e record e visualizações no youtube. - O Pelé pediu para os Brasileiros esquecerem os problemas e curtirem a Copa. 
 
HOSPEDAGEM: 
Paris é a cidade mais visitada do mundo, com quase 20 milhões de turistas / ano. São Paulo é menos visitada que a pequena Benidorm na Espanha, ou que a cinza Varsóvia, na Polônia ou a poluída Chenzen na China. - São Paulo perde para Buenos Aires, Cuzco e outras cidades Sulamericanas. - Nem no Brasil é a mais visitada. Ninguém faz turismo em São Paulo. - Amarga o posto 68 na lista das mais visitadas do mundo. - No entanto, um hotel em São Paulo custa em média 40% mais do que se hospedar em um equivalente hotel em Paris. - Na época da Copa, um hotel de baixa qualidade em São Paulo chega a pedir 800Eurs por noite. - Os brasileiros não tem hábito de intercambiar casas, alugar sofás ou hospedar pessoas por sites em internet. - Leve adaptador de tomada. O Brasil adotou um sistema que só existe no Brasil, e muda a cada 4 ou 5 anos, gerando milhões para algumas empresas. 
 
TELECOMUNICAÇÕES: 
Minuto de celular mais caro do mundo. videhttp://www1.folha.uol.com.br/mercado/2013/10/1352956-minuto-do-celular-no-brasil-e-o-mais-caro-do-mundo.shtml - O sinal é péssimo, um dos piores do mundo. - 4G não existe na maioria das cidades. - A internet é horrível e caríssima. Para o Brasil chegar aos níveis do Iraque deveria dobrar o investimento em banda larga. vide http://veja.abril.com.br/noticia/vida-digital/conexao-de-internet-no-brasil-e-mais-lenta-que-no-iraque-e-cazaquistao
 
SEGURANÇA
Se você não gostou do que leu até agora, o pior está aqui. - No Brasil há mais assassinatos que na Palestina, no Afeganistão, Síria e no Iraque JUNTOS. - No Brasil há mais assassinatos que em toda a AMÉRICA DO NORTE + EUROPA + JAPÃO + OCEANIA. - A guerra do Vietnã matou 50.000 pessoas em 7 anos. No Brasil se mata a mesma quantidade em um ano. - Ano passado foram 50.177 segundo o governo, segundo a ONGs superam 63.000 mortes. - Todo brasileiro conhece alguém que foi assassinado. - 1% dos casos resultam em prisão. - Este 1% não chega a cumprir 1/6 da pena, e é beneficiado por vantagens que se dão aos criminosos. - As prisões parecem masmorras e não recuperam. - Rebeliões com dezenas de mortos, pessoas decapitadas, esquartejadas são frequentes. - Recomenda-se levar uma pequenas quantidade de dinheiro para caso de assaltos. É comum assassinarem as pessoas que nada tem para o assalto. - Não leve o cartão consigo, você pode ser vítima de uma espécie de sequestro que só tem no Brasil: “Sequestro Relâmpago”. - Não use relógios, máquinas fotográficas, celulares, pulseiras, brincos, colares, anéis, bolsas caras, bonés caros, óculos caros, tênis caro, etc… vista-se da forma mais simples possível. - Se for assaltado, não reaja. - Não ande pelas ruas após as 22hs. - Caixas eletrônicos não funcionam após as 22h30, devido aos assaltos. Os políticos, no lugar de aumentar a segurança, tiveram a brilhante idéia de proibir o cidadão de bem de tirar dinheiro do caixa. - Os bancos fecham as 16hs. - Só faça câmbio em bancos ou casas autorizadas. Existe uma grande quantidade de moeda falsa e estrangeiros são alvo fácil. - Policiais são monoglotas. Aprenda frases como: “Eu fui assaltado”; “preciso de ajuda”, “estou ferido”, “sou francês, leve-me ao consulado por favor” - Há falsas blitz para assaltar pessoas.
 
CONCLUSÃO: 
O que falta no Brasil é educação. Os números são assustadores, mesmo quando comparados com seus vizinhos sulamericanos. - O Brasil tem uma porcentagem de universitários menor que o Paraguai; - Apenas 3% dos Brasileiros são bilingues. - A Argentina tem 5 prêmios Nobel, a Colombia 3, o Chile 3, a Venezuela 1, a Colombia 4, o Brasil??? Zero! - Entre as 300 melhores Universidades do mundo, não tem nenhuma Universidade Brasileira. - O país tem 9% de analfabetos; - No Brasil há 33.000.000 de analfabetos funcionais. - Ano passado surgiram 300.000 novos analfabetos. - No ranking da ONU de 2012 o Brasil, que já estava mal colocado, caiu mais 3 posições, e hoje é o número 88 no mundo. (A França é 5.) - O Brasil fica atrás de Belize, Ilhas Fiji, Tchad, Azerbaijão, Ilhas Maurícios, Uzbequistão, Mongólia, Paraguai, Trinidad e Tobago, Belarus, Tijiquistão, Botswana, São Tomé e Príncipe, Namíbia, Santa Lúcia, Moldavia…. até atrás da Palestina em guerra, o Brasil conseguiu ficar. 
 
UMA VERGONHA INTERNACIONAL! Mas o brasileiro está muito feliz de ser pentacampeão de futebol. Nos corredores da FIFA já se admite que foi o maior erro da história da Instituição eleger o Brasil como sede. O que se fala é que os dirigentes deveriam ter ouvido o grande estadista francês Charles de Gaulle, quando disse: Le Brésil n’est pas un pays serieux. 
 
Ou seja, em bom português mesmo:
 
“O Brasil não é um país sério”.

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

QUE 2014 COMECE NO FUTEBOL DO GALO!

O Atlético entra amanhã em campo, na Venezuela, contra o Zamora, pela Libertadores 2014, defendendo o título de 2013.
E, diante das apresentações do time no campeonato mineiro, espero que os jogadores, finalmente, entendam que 2014 já começou, e que é a partir de agora que o bicho vai pegar.
Sim, porque se as cobranças da torcida já apareceram em jogos do mineiro, que dirá em jogos da Libertadores, se o desempenho pífio se repetir.
E, pra piorar, a semana pode terminar de forma explosiva, nos dois sentidos, já domingo, dia 16, já tem clássico com as marias...
Ou seja, semana tensa!
Tensa por uma estreia no torneio continental, com desconfiança da torcida em razão dos últimos jogos, e tensa por causa do clássico, que ninguém quer perder, e que colocará, frente a frente, o Campeão da América com o campeão brasileiro, que pode até ser considerado uma medida de forças para a própria Libertadores, que ambos disputam, com possibilidade de se encontrarem no torneio continental.
Agora é torcer, e confiar, que os jogadores já terão mais vontade de jogar, e que esses desafios servirão, apenas, para ressuscitar o Galo Forte e Vingador do 1º semestre de 2013.
#AceleraGalo

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

GALO CONNECTION NO TERREIRÃO CAST Nº 2 JÁ ESTÁ NO AR


A edição n.º 2 do Galo Connection, no Terreirão Cast, já está no ar.

Clique na image acima, acesse, ouça, curta e nos cornete:
_________________________________________________________________________________
PS. Continue colaborando com a nossa Vakinha. Clique no banner aí no lado esquerdo. Além de nos ajudar, você ainda concorre ao sorteio da diferença apurada entre o montante arrecado e o total das despesas, tudo devidamente comprovado por notas fiscais.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

APELO EM PROL DA NOSSA VAKINHA

Pessoal,
Fazemos aqui mais um apelo em prol na nossa Vakinha, para reforma da GaloKombi, que está bem devagar.
Como dissemos, estipulamos a meta de R$10.000,00 que é para ter uma margem para fazer uma boa reforma, mas contando, claro, com a economia tradicional do mineiro, para que possamos sortear entre os colaboradores o saldo da diferença entre o valor arrecadado e valor da reforma.
Contamos com nossos seguidores, pois, se apenas 2mil de nossos 9mil seguidores no twitter contribuírem com o valor mínimo permitido pelo site, que é de R$5,00, conseguiremos alcançar o montante estipulado!
POR ISSO CONTAMOS COM VOCÊS, COLABORE!
http://www10.vakinha.com.br/VaquinhaP.aspx?e=239240

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

GALO EM LIQUIDAÇÃO NO FUTFANATICS

Com o fim do contrato entre o Atlético e a Lupo as promoções para liquidar os estoques já começaram.

E no FutFanatics não poderia ser diferente.

Mas como não podia deixar de ser, eles pegaram pesado para que você, torcedor atleticano fanático, não perca a última oportunidade para adquirir as camisas da Libertadores.

E mais barato que na loja oficial. Olha só!

Camisas de jogo:



Camisa do Victor:


Camisa feminina:

:

Camisas de treino:


E a tão procurada camisa preta de treino do mundial:


A Futfanatics ainda dá mais 8% de desconto na compra com boleto.

Então, não vacila, e aproveite essas ofertas, antes que o estoque acabe!

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

PORQUE É A PORTUGUESA QUEM DEVE SER REBAIXADA

Antes de mais nada, quero esclarecer que escrever este post, e defender este ponto de vista, esta interpretação das leis e regulamentos tão debatidos neste momento, é difícil demais pra mim, pois, evidentemente, como todo atleticano que passou o que passou em 2012, e de resto, como todo cidadão de bem, eu gostaria que o Florminense caísse para a série b, não só por causa da dívida não paga em 2000, como também por ter sido este o resultado de campo.
Porém, não é isto que deverá acontecer, e, inclusive, porque há amparo legal na polêmica decisão do STJD, que é o que quero demonstrar aqui, e nunca, jamais, fazer qualquer tipo de defesa do STJD ou da CBF, que sabemos do que são capazes, como vimos em 2012, quando o Galo foi multado em 10mil reais, pelas manifestações que fizemos contra ambos no jogo contra o Florminense.
Pois bem.
No dia de hoje (20/01/14), na coluna Radar On Line, da Veja, duas notas publicadas mostram que uma das teses da Portuguesa, a de que não foi comunicada do resultado do julgamento do STJD que deu mais um jogo de suspensão ao jogador Héverton, irregularmente escalado na partida seguinte ao julgamento, caiu por terra, pois a Lusa foi comunicada do resultado do julgamento pelo advogado constituído, ou pelo menos, houve contato entre as partes antes e depois do julgamento, o que leva a crer que houve, sim, ciência do resultado, por parte da Portuguesa.
Quem quiser conferir pode ler aqui e aqui.
Portanto, uma das teses de defesa Lusa, a de que não sabia de nada sobre o resultado do julgamento, foi pro saco!
Por outro lado, mesmo com a questão relativa à formalidade legal, prevista no Estatuto do Torcedor, que determina que todas as decisões da justiça desportiva tenham que ser publicadas no site da CBF para que possam gerar seus efeitos, também permite, na minha modesta opinião, uma interpretação menos literal, mais ampla, e até mesmo, mais ligada aos usos e costumes da própria justiça desportiva.
Só pra esclarecer: os usos e costumes também são princípios do Direito, e constituem meio de formalização da regra, da norma legal, consagrados pelo Código Civil, motivo pelo qual não se pode deixar de considerar tal fato.
Explico: o artigo 35 do Estatuto do Torcedor diz que "as decisões proferidas pelos órgãos da Justiça Desportiva devem ser, em qualquer hipótese, motivadas e ter a mesma publicidade que as decisões dos tribunais federais". O Estatuto determina, ainda, que as decisões devem ser disponibilizadas no site da entidade que organiza o evento, no caso, a CBF.
Pois bem. O fato de haver no diploma legal federal determinação de publicidade idêntica às decisões dos tribunais federais, e que tal lei se sobrepõe aos normativos do próprio STJD e da CBF, que são, apenas, instâncias administrativas, está correto, mas não significa dizer que a decisão é nula ou que não gerou seus efeitos até o momento que houve o descumprimento da penalidade imposta, no caso, a suspensão por mais uma partida, do jogador da Portuguesa.
Isto porque, podemos considerar que a publicidade a que se refere o texto legal não é, necessária ou obrigatoriamente, aquela decorrente de sua publicação no site da CBF, exclusivamente. A publicidade a que se refere o texto pode ser decorrente do proferimento da decisão, pelo órgão colegiado (STJD) na presença de quem estiver ali, e do representante do interessado, no caso, o advogado constituído pela Portuguesa, estando presente, tenha tido ciência dos termos da decisão.
Esta, por exemplo, é uma possibilidade que a lei confere na Justiça Comum. E, como o Estatuto do Torcedor fala em " mesma publicidade que as decisões dos tribunais federais", cabe salientar que a lei nº 10.259/2001, que instituiu os Juizados Especiais Federais, prevê, no artigo 8º, que "as partes serão intimadas da sentença, quando não proferida esta na audiência em que estiver presente seu representante, por ARMP (aviso de recebimento em mão própria)". Ou seja, se estiver na audiência o representante da parte, a intimação da sentença é válida. Fazendo um paralelo com a Justiça Desportiva, e a publicidade idêntica aos tribunais federais, o acórdão da Turma do STJD que julgou o caso Héverton, proferida na própria sessão de julgamento, teve sua intimação realizada naquele mesmo momento, na pessoa do representante da Portuguesa, qual seja, o advogado Osvaldo Sestário.
Lembrando que, na organização do STJD, o julgamento pelas Turmas corresponde à primeira instância da Justiça Desportiva, sendo o Pleno, a segunda instância. Ou seja, a sentença a que se refere o artigo 8º da Leo n.º 20.259/2001, corresponde à decisão proferida por uma das Turma Julgadoras do STJD.
A mesma forma de publicidade das decisões recursais, no âmbito das Turmas Recursais dos Juizados Especiais Estaduais, estatuídos pela Lei 9.099/95, outra lei federal, considera a decisão publicada na própria sessão de julgamento, e se equipara à forma de publicidade que foi realizada pelo STJD, neste caso.
Assim, também por esta interpretação, quanto à publicidade da decisão, e não de sua publicação no site da CBF, não há como prosperar a tese de defesa da Portuguesa, já que seu representante, o advogado Osvaldo Sestário, compareceu à sessão de julgamento, fez a defesa do clube e do atleta, ainda que sem sucesso, e naquele mesmo momento tomou ciência do resultado do julgamento, estando, pois, garantida a publicidade a que se refere o Estatuto do Torcedor.
Se não houve a devida comunicação entre advogado e cliente, isso não é problema da CBF, do STJD, ou do FlorminenC. É problema exclusivo das partes envolvidas, cabendo, apenas, reparação pelas perdas e danos sofridos.
Por fim, temos, ainda, a questão dos usos e costumes relativos ao cumprimento das penas impostas pelo tribunal desportivo.
Desde sempre, e tanto a Portuguesa quanto seu advogado (que parece só viver de sustentações orais no STJD), sabem que o cumprimento das decisões da Justiçca Desportiva é imediata, salvo se houver recurso ao Pleno, com concessão de efeito suspensivo.
E, como usos e costumes  também são fontes do Direito, é claro que eles devem, e tem, que ser considerados pelas decisões judiciais que virão pela frente.
Como não houve recurso ao Pleno, contra a decisão que suspendeu o atleta por mais um jogo, pela sistema do, digamos, "direito processual desportivo" (nem sei se isso existe), é certo que a Portuguesa NÃO poderia ter escalado o atleta então apenado com mais um jogo de suspensão. E nem precisamos dizer da controvérsia relativa à ciência ou não da decisão, pois, como vimos antes, já existem indícios de que houve contato entre advogado e cliente, conforme se vê dos links das reportagens postadas.
E, da mesma forma, a publicidade da decisão está demonstrada, também, pela intimação da mesma na pessoa do representante da Portuguesa, constituído para aquele ato.
Para concluir:
Sendo costume na Justiça Desportiva o cumprimento imediato das penas impostas pelo STJD; tendo sido dada a devida publicidade da decisão ao representante do clube interessado, no caso o advogado constituído; e já tendo surgido evidências de que o advogado comunicou à Portuguesa o resultado do julgamento ANTES do fatídico jogo, não existem, na minha opinião, meios de se garantir a permanência do time lusitano na Série A em 2014.
Solução?
Não há uma solução única para o caso, já que qualquer decisão que CBF tomar terá algum tipo de implicação posterior, do ponto de vista legal ou não.
A CBF não pode fazer com que fiquem 21 ou 24, sem uma justifica legal ou jurídica.
Os demais rebaixados não tem qualquer indício de direito ofendido que possa ser buscado na Justiça Comum.
Tomar a decisão de manter 21 ou 24 clubes, por livre espontânea vontade fere o próprio Estatuto do Torcedor, porque modificaria a forma de disputa do campeonato, o que só permitido pelo próprio estatuto, com um ano de antecedência, o que implica em modificações, hoje, válidas apenas para 2015.
E, se em abril, quando há a obrigatoriedade de publicação da forma de disputa e dos participantes (dois meses antes do início do campeonato), e com as liminares existentes hoje, em favor da Portuguesa, Flamerda e FlorminenC, como presidente da CBF eu cumpriria todas, e colocaria esses três times no certame, o que garantiria uma modificação por ordem judicial, mas com a ressalva de que, derrubada a liminar, o time estaria sumariamente excluído do campeonato, rebaixado à série b, no último lugar. O risco passaria a ser, portanto, do clube, e não mais da CBF.
Relembrando: não estou defendendo nenhum dos envolvidos nesse imbróglio. Isto é apenas uma análise, jurídica, que pode embasar a tese de que a Portuguesa, efetivamente, não faz jus à tese que foi apresentada nas ações propostas por seus torcedores.


PS. Continue ajudando a Vakinha para reforma da GaloKombi. Clique no banner aí do lado esquerdo e contribua. Você ainda participa do sorteio da diferença entre o montante arrecadado e o valor total das despesas!

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

VAKINHA PARA REFORMA DA GALOKOMBI

Pessoal,
Inspirados pela cara de pau do José Genoíno, resolvemos também pedir a ajuda de vocês, mas, claro, com um objetivo muito mais honesto e importante: A REFORMA DA GALOKOMBI.
No mês de maio de 2014, a GaloKombi completará 6 anos, e para um veículo já de 37 anos, as coisas costumam ser mais complicadas!
Por isso, fizemos um cadastro no Vakinha.com.br, com o objetivo de obter R$10.000,00 até o dia 25/03/2014, para, a partir daí, fazer a reforma que ela merece, especialmente na parte mecânica, e fazer a sua reestreia nas fases finais da Libertadores 2014.
Esclarecemos que esta é uma ajuda entre amigos, pois a GaloKombi não tem patrocinador, e seus sócios não têm a condição para investir mais R$10.000,00, depois de todas as despesas que já tivemos ao longo destes anos.
O valor proposto é estimado, claro. Mas faremos o possível para evitar despesas e fazer a maior economia possível, de modo que o excesso apurado entre o valor arrecado e as despesas realizadas, inclusive as do site, serão sorteados entre todos aqueles que contribuíram com a Vakinha, tudo devidamente demonstrado por notas fiscais.
Acesse http://t.co/aTnDRxZu9e e contribua!
Quem sabe, além de nos ajudar, você também não ganha o sorteio!?

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

NOVELA QUE A TORCIDA PARECE FAZER QUESTÃO DE SOFRER

Daqui da Bahia tenho acompanhado o sofrimento da torcida do Galo quanto à renovação de R10 e o atraso do salário do Tardelli.
PQP, que chatice!
A torcida do Galo tá parecendo mocinho (pra não dizer mocinha) de novela, que faz questão de sofrer tudo, antecipadamente, sobre assuntos que sequer ainda estão decididos.
NINGUÉM sabe como andam as coisas entre Assis, Kalil e Ronaldinho. E pelas fotos que este tem postado, ele não está nem aí!!!
Pode não estar nem aí porque está de férias e tem um séquito de que gente para cuidar disso pra ele; pode ser que não está nem aí porque está tudo resolvido, e pode não estar nem aí porque já vai embora mesmo e só questão de tempo.
Quer saber?! Em qualquer hipótese, FODA-SE!
Se quiser ficar, ótimo, pois teremos um excelente jogador para tentar trazer novos títulos em 2014.
Se quiser sair, ótimo também, pois aqui mostrou seu valor, que ninguém acreditava que tivesse, inclusive eu, apresentou Bernard ao mundo, foi importantíssimo na Libertadores, e se tiver que ter fechado seu ciclo no Galo, paciência!
O que não dá pra aguentar é mimimi de torcedor em rede social.
Tanto pra criticar, quanto pra elogiar. Sim!, porque se não houver acerto, Assis é leiloeiro, R10 é Mercenário e Kalil é burro! E se acertar, Kalil vira Rei (mesmo se fizer loucuras e comprometer as finanças do clube), R10 é apaixonado pelo Galo, e o Assis só procurou o melhor pro irmão (que no final é o melhor pra ele também...).
Vai que tudo isso não seja, apenas, Marketing, para vender o resto de camisas do R10 da Lupo, na Loja do Galo, agora que vai trocar de fornecedor?!
O mesmo vale para a piadinha do tardelli. Foi uma daquelas brincadeiras com fundo de verdade para cobrar do chefe a solução do problema. Todo mundo faz isso!
O cara ganha 500mil/mês, vai trabalhar de Maseratti e todo mundo levando a sério o que ele fala?!
Vivam suas vidas e só acompanhem as notícias (sérias). E parem de sofrer por quem NÃO sofre por vocês.