GaloKombi em vídeo

Loading...

quinta-feira, 30 de junho de 2011

FILOSOFIA DADAÍSTA

Numa semana que começou ruim, com derrota acachapante do Galo, continuada com um mau resultado das marias, que nos faz entrar ainda mais pressionado em campo, tendo que vencer não só para espantar a má fase, mas também, pra dar um cala boca nelas, e ainda, tendo que enfrentar um desafio dificílimo, deixo, para todos, neste ante-momento do jogo, as sábias palavras do Indescritível Dadá Maravilha










Além dos gramados, Dadá deixou sua marca na GaloKombi em 07/05/211
 AVANTE GALO!

domingo, 26 de junho de 2011

A DERROTA FOI UM DETALHE. IMPORTANTE MESMO FOI TROCAR CAMISAS

O Galo foi risível diante do Flamengo.
Todo o time foi mal e ninguém se salvou! Foi tanta coisa ruim, tantas as falhas e tanto os problemas, que nem analisar o jogo e os jogadores eu vou.
Até porque, além de já estar irritado com o resultado e com a apatia do time no segundo tempo, me irritou ainda mais, a postura de certos jogadores após o jogo.
Estou falando, especialmente, de Toró e Guilherme Santos.
Durante o jogo Toró foi, simplesmente, ridículo! Entrou no lugar de Giovani Augusto para fazer a mesma coisa que ele, ou seja, nada. Não correu, não se esforçou, não lutou.
Mas, ao final da partida, teve raça, força de vontade, espírito de luta para pegar a camisa de Ronaldinho Gaúcho. A corridinha dele na TV em direção a Ronaldinho foi um tapa na cara da torcida do Galo. Quer dizer, para ele correr pelo time não dá, mas para pegar a camisa do ídolo, tudo é possível. De se estranhar essa postura, especialmente para quem disse, durante a semana, que jogar contra o Flamengo, seu ex-clube, era apenas mais um jogo...
Outro que me irritou bastante após o jogo foi Guilherme Santos, que embora tenha se esforçado, especialmente porque retornava depois de 4 partidas fora, sem ritmo, e esse afastamento parece até que foi sacanagem do Dorival, depois do apito correu a um jogador do flamengo E PEDIU ATÉ O SHORT do cara! Pelo amor de Deus!!!! O Galo perde de 4x1 e o cara tá preocupado em ficar com o SHORT do jogador adversário!? Alguém tem que orientar esse menino!
Isso tudo o que narrei acima vi na transmissão! Foi possível ver tudo isso nas imagens do SporTV. Quem as tiver, pode me mandar que publico aqui!
Que o jogo contra o Flamengo acenda a luz amarela, e sirva de incentivo para que todas as mudanças necessárias aconteçam no Galo, para que não passemos, novamente, o vexame de lutar contra o rebaixamento, algo que se desenha com alguma nitidez no horizonte alvinegro e tem ocorrido sistematicamente, desde o início dos pontos corridos, especialmente diante da apatia dos jogadores, que me lembrou muito 2005...

terça-feira, 21 de junho de 2011

DO BLOG DA REVISTA AUTOESPORTE

ARTISTA CRIA FUSCA COM 8 TONELADAS DE CIMENTO

Você já viu em algum lugar do mundo um Fusca que pesa 8 toneladas? Ele existe e está no fundo do mar do México, mais precisamente em Cancun. Trata-se de uma escultura do artista inglês Jason deCaires Taylor, especializado em obras feitas de cimento. O carro foi reproduzido em proporções reais e jogado no fundo do mar para servir de abrigo para peixes e algas.


O artista ficou famoso por seus trabalhos de cimento, sempre jogados no fundo do mar. Seu último trabalho de destaque foi reunir escultura de 400 pessoas, também jogadas na região de Cancun. Dessa vez, o artista decidiu homenagear um dos carros mais famosos do México, país em que vive, além de alertar a população. “Foi feito para funcionar como casa marinha para os animais e alertar os impactos que a vida humana causa no ecossistema e que, consequentemente, vai afetar futuras gerações”, explica.


Conhecido no México como “votcho”, o Fusca foi produzido no país até 2003 e circula pelas ruas mexicanas como táxi até hoje. “Ele tem um design repleto de curvas, muito aerodinâmico. É perfeito para durar longos anos no fundo do mar, suportando fortes correntes e até mesmo tempestades tropicais”, finaliza Jason.

Ricardo Sant’Anna




DO BLOG VOU DE KOMBI - DO CHICO DA KOMBI DE IRECÊ/BA

21/06/2011


VDK-1877

Em 1977, o Atlético Mineiro conseguiu oito vitórias nas oito rodadas de abertura do Brasileirão.  
Com o artilheiro Reinaldo em grande fase, o Galo atropelou Remo, Santos, Botafogo-SP, Nacional-AM, Paysandu, Cruzeiro, Fast Clube-AM e América-MG.  
O primeiro tropeço veio apenas na nona rodada, com um empate por 1 a 1 diante do Uberaba.
2
 
Rod dk O Galo no Brasileirão 1977: 
Rod 1: Atlético-MG 4x1 Remo-PA 
Rod 2: Atlético-MG 3x0 Santos-SP 
Rod 3: Atlético-MG 1x0 Botafogo-SP (F) 
Rod 4: Atlético-MG 4x2 Nacional-AM (F) 
Rod 5: Atlético-MG 3x1 Paysandu-PA (F) 
Rod 6: Atlético-MG 1x0 Cruzeiro-MG 
Rod 7: Atlético-MG 6x2 Fast Clube-AM 
Rod 8: Atlético-MG 3x1 América-MG 
Rod 9: Atlético-MG 1x1 Uberaba-MG (F)

segunda-feira, 20 de junho de 2011

DOMINGO DE GALO E KOMBI

O domingo foi agitado para a GaloKombi.

Primeiro, a fusqueata organizada pelo Amauri, do Clube do Fusca BH, em comemoração do Dia Mundial do Fusca, em que compareceram mais de 100 fuscas e uma Kombi!
A Fusqueata saiu da Praça da Bandeira, contornou a Praça do Papa, seguiu pela Afonso Pena, passou pela Savassi, Praça da Liberdade, Bias Fortes, Praça Raul Soares, Olegário Maciel, encerrando na Prudente de Morais, onde normalmente são realizados os encontros do Clube todo terceiro domingo do mês.
Acho que o esforço do anda e para do trânsito foi demais para GaloKombi, que arrebentou o cabo da embreagem, já na saída do encontro. Mas nada de preocupante!
Assim, que tiver as fotos do encontro publico aqui, para que todos possam ver o sucesso do encontro, que ainda teve a participação da turma da Harley Davidson.

Mais tarde, depois de um breve descanso, encontro com os amigos João Paulo, Coutinho e Márcio Brito, para ver o jogo do Glorioso.
O papo e a cervejada foram muito bons, já o jogo, como disse na nossa coluna no Galonautas, foi abaixo da crítica.
O Galo vem repetindo os mesmos erros desde o jogo contra o Avaí.
O meio campo não se encontrou. Daniel Carvalho foi a boa surpresa, apesar de ainda sentir a falta de ritmo, acho que a partir de agora deve assumir a titularidade.
Gilberto e Giovane Augusto não foram bem e a saída de ambos para a entrada de Dudu Cearense e Renan Oliveira, que, com o gol marcado, acabou por calar a boca de muitos, inclusive a minha, deram outra cara ao time. Acredito que com isso, Gilberto e Giovane devem acabar por esquentar o banco um pouco, até para que sejam preservados da fúria da torcida.
O ataque não finaliza decentemente, demonstrando que Mancini, que ontem foi ridículo, não tem condições de atuar como atacante, sendo, no máximo, o terceiro homem do ataque. Magno Alves está irreconhecível, perdendo jogadas simples e gols feitos. A entrada de Guilherme, se não foi a maravilha que se espera do investimento feito, mostrou que tem condições de assumir a titularidade.
A zaga que vinha bem falhou também, deixando os jogadores goianos muito a vontade na entrada da área, com muitos toques e passes. Mas, pelo menos, não podem ser responsabilizados pelos gols sofridos. Renan Ribeiro foi um caso a parte, com falha indiscutível no segundo gol.
Mas é vida que segue, e temos que continuar na expectivativa de que o trabalho de Dorival siga o rumo, embora ache, também, que ele está meio perdido, já que, claramente, a formação do segundo tempo foi muito melhor que a do primeiro e, mesmo assim, ele ainda fica dando entrevistas dizendo que não garante nenhum dos que entraram no segundo tempo no time.

Vai entender...

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Convocação do Clube do Fusca BH para o dia Mundial do Fusca

A GaloKombi vai participar:

No próximo domingo, dia 19 de junho, vamos comemorar o DIA MUNDIAL DO FUSCA!!!
Realizaremos uma concentração na av. Agulhas Negras (início da subida para a Praça do Papa) a partir das 08:00 h
Após a chegada dos veículos, realizaremos uma grande fusqueata pela cidade e finalmente faremos o nosso tradicional encontro na av. Prudente de Morais.
Pedimos a todos que verifiquem as condições de funcionamento  de seus veículos para evitarmos quaisquer contratempos durante o percurso.
É fundamental que todos fiquem atentos ao percurso para que não "quebremos" o nosso comboio durante a fusqueata. Para isso vamos distribuir panfletos informando o itinerário no local da concentração.
Nossos eventos são ralizados sempre dentro das normas exigidas por todos os órgãos competentes e com a maior atenção aos critérios da boa convivência e disciplina, ponto alto das nossas reuniões.
Esperamos o apoio de todos para continuarmos nossos trabalhos à frente do Clube e aumentarmos a cada dia esta GRANDE FAMÍLIA CHAMADA CLUBE DO FUSCA BELO HORIZONTE.
Vistam suas camisas do Clube do Fusca Belo Horizonte e participem desta festa!!!

CONCENTRAÇÃO: Av. AGULHAS NEGRAS (subida para a Praça do Papa)  08:00 h
SAÍDA DA FUSQUEATA: após o alinhamento dos veículos (previsão 09:00 h)
(obs.: a saída da fusqueata depende sempre do horário de chegada dos veículos, portanto pedimos a todos que não deixem para chegar na última hora.)
ITINERÁRIO: será informado através de panfletos no dia do evento, na concentração
IMPORTANTE: não será permitido o acesso na av. Prudente de Morais antes da chegada da fusqueata, com isso aqueles que não quiserem ou não puderem participar da nossa fusqueata podem participar do encontro da Av. Prudente de Morais mas terão que aguardar a chegada do comboio.
TÉRMINO: como sempre o término do encontro será às 12:45 h, impreterivelmente.

Os nossos sinceros agradecimentos a todos pelo respeito e de dicação aos interesses do clube nestes 8 anos de sua existência!!!
Abraços
Amauri/Silvana
www.clubedofuscabh.com.br
desde 04-05-2003

domingo, 12 de junho de 2011

ARBITRAGEM FALHOU MAS NÃO FOI POR ISSO QUE EMPATAMOS

A arbitragem de Bahia x Atlético foi ridícula, pra dizer o mínimo que pode ser dito nesse espaço sem ofenderm acusar ou ser processado por quem quer seja.
Mas estava na cara que ia dar problema, considerando a origem do árbitro e seus assistentes, de estados em futebol não é o forte. Além disso, pesou a experiência de ser a primeira atuação na primeira divisão do futebol nacional.
É mais uma daquelas incongruências que a CBF e sua Comissão de Arbitragem nos brindam a cada rodada, a cada ano, a campeonato realizado no Brasil.
A má atuação dos árbitros é um endemia que grassa nos estados, no Brasil e no mundo, e nada indica que alguma coisa vá mudar...
Mas, não foi só por causa da arbitragem que não vencemos.
Acredito que a incompetência dos nossos jogadores, tanto do ataque, que perderam chances incríveis, quanto os do meio campo, que não marcaram os adversários e nem assistiram aos atacantes, como deveriam, é que é a principal razão de nosso insucesso na tarde desta sábado em Salvador.
Foram 24 finalizações, com pelo menos 3 chances claras de gol, e apenas um gol aproveitado! UM verdadeiro absurdo!!!
Tudo bem que um gol foi mal anulado, mas o que quero dizer, e parece que muitos não estão entendendo, é que, se tivéssemos aproveitado pelo mais uma das outras 23 finalizações, teríamos vencido pelo mesmo placar de 2x1.
E se tivéssemos aproveitado mais 2 outras finalizações, teríamos vencido por 3x1, com grandes chances de matar o jogo ainda no primeiro tempo!
As chances desperdiçadas contribuíram, e muito, para o destempero dos jogadores que, pressionados a marcar e vencer uma equipe limitadíssima, passaram a tentar resolver tudo no peito e na raça, quando um pouquinho de técnica e bola no pé resolveria o problema.
E não só as chances de gol desperdiçadas, mas também a patética apresentação da arbitragem, que interferindo no resultado e no desenvolvimento do jogo, irritaram os jogadores, mas também, e principalmente, o técnico Dorival Júnior. Aqui faço uma crítica construtiva a ele sobre esse comportamento em relação à arbitragem: esquece! Não invada o campo, não grite desesperadamente contra o quarto árbitro, pois isso não mudará a marcação já feita por ele, e só transmitirá a raiva para os jogadores, que correm o risco de ficarem ainda mais desesperados.
Como disse a respeito do último jogo, ficamos só na correria e pressão, sem qualidade técnica para fazer os gols que precisávamos, o que dá a medida na imediata mudança no meio e no ataque.
Magno Alves entrou numa maré horrível, não sei se normal, como acontece com qualquer jogador, ou se provocada pelo recente falecimento de sua mãe ou se isso é mesmo decorrente da melhor qualidade das defesas no brasileirão que no campeonato mineiro.
Mancini não é o atacante que precisamos. Aliás, ele tem se mostrado, apenas, como um corredor em campo, sempre pecando em jogadas simples, como no chutão dado no fim da partida, perdendo aquela que poderia ser a bola do jogo.
Acredito que precisamos de um atacante estilo Tardelli ou Obina, aquele que a defesa adversária teme desde que viu seu nome na escalação, já que na área resolve, basta um segundo de distração. E esse jogador não temos, pois não acredito que esse seja o perfil de Guilherme.
O meio campo parece que ficou meio perdido, não conseguindo fazer a contento nenhuma das duas funções que se espera dele: marcar o time adversário ajudando a defesa e armar as jogadas de ataque, municiando os artilheiros.
Apesar de Richarlyson ter feito, na minha opinião, sua melhor partida pelo Galo desde que chegou aqui, ainda falhou bastante. Acredito que seja em relação ao posicionamento, não sei. Poderia melhorar, mas agora depende do Departamento Médico.
Giovani se mostrou meio desligado do jogo nas duas últimas partidas. Algunas já culparam a convivência com Renan Oliveira (hehehe). Mas acho que seja fase, já que, em razão do restante do desenho do meio, ele tem ficado sobrecarregado na função de armação das jogadas.
A defesa continua impecável. Nada a dizer até aqui. Mas eles sempre se apertam, já que nossos laterais são uma lástima. Leandro até vem jogando bem, quer dizer, mostrando vontade de jogar, mas ainda acredito que Guilherme Santos seja melhor opção. Na direita, Patric fez uma boa partida contra o Avaí, mas é limitado. Seu substituto imediato, Rafael Cruz é de dar dó! Dó do torcedor Alvinegro que é obrigado a assistir suas apresentações no elenco do Galo. Não sei se vocês repararam, mas toda vez que Rafael Cruz passava a bola pra alguém, e corria pro ataque, no intuito de fazer uma triangulação ou trabalhar uma jogada, a bola JAMAIS era devolvida a ele. Ninguém devolvia a bola a ele, preferindo outra jogada, tocando pro meio ou virando o jogo...
Mas sempre temos que ver um lado bom, e no jogo de hoje, esse lado se chama banco de reservas. Daniel Carvalho entrou no lugar do nulo Toró e mudou o panorama do jogo, fazendo boas jogadas, o cruzamento que resultou no gol de Berola, e ainda, bateu perfeitamente (bem melhor que outras tentativas de Mancini - à exceção da falta batida por este que o goleiro baiano pôs pra escanteio), que resultou no gol mal anulado de Dudu Cearense que, por sua vez, já mostra que, estando em forma, tem plenas condições de figurar no elenco titular.
Em resumo: não gostei da partida do galo, que falhou muito nas finalizações e não soube se impor diante de um time tão fraco quanto o Bahia, que com esses medalhões sem compromisso algum que não sejam eles mesmos, vai lutar pra não voltar pra segundona. Mas, pelo menos, vi, além de muita vontade do time, a mesma mostrada contra o SPFW, a qualidade que os jogadores que têm estado na reserva podem mostrar em campo que, com o tempo, com treinamento, será capaz fazer com que as coisas entrem no eixo e faça do Galo o grande destaque do BRasileirão 2011.
É nisso que confio!

Esse texto estará também na nossa coluna no Galonautas.

sábado, 11 de junho de 2011

GaloKombi no GaloCast 108 e no Galonautas

O GaloCast 108, com participação da GaloKombi já está no ar: www.galocast.com.br
E a nova Coluna do Rodrigo da GaloKombi já está no Galonautas: www.galonautas.com.br
O que é que você está esperando?

quinta-feira, 9 de junho de 2011

PERDEMOS E NÃO GOSTEI

Começo este post informando que não gostei do jogo de ontem.
Achei que o Dorival Júnior falhou ao insistir na escalação do Leandro na lateral, sem que qualquer justificativa houvesse para a ausência do Guilherme Santos. A nulidade do Leandro no ataque forçou Mancini a jogar mais aberto na esquerda que o normal contribuindo para diminuir nosso poder ofensivo.
Acredito também que Richarlyson não pode jogar junto com Filipe Souto. Os dois não se posicionam de forma correta. Parece que um atrapalha o outro.
E, por fim, Toró está vivendo ainda dos lucros do fantástico gol marcado no jogo contra o Atlético Paraguaiense. Ontem, ficou nítido que ele não tinha a mínima condição de ficar em campo.
Quando vi as três substituições feitas ao mesmo tempo, entendi que Dorival partiu pro tudo ou nada, e saiu para o abafa.
Depois da entrada de Berola, o ataque ficou mais agressivo, na correria, pressionando e fechando ainda mais a já difícil defesa tricolor. Muitos avaliaram que no segundo houve um bom jogo, mas não concordo.
Acho, sim, que o primeiro tempo foi horrível e o segundo, regular. No primeiro, muitas falhas. No segundo, mais vontande e garra que técnica. Tudo bem, isso pode ser bom, mas não é suficiente para alcançar as conquistas que almejamos nesse 2011.

No primeiro tempo o time se deixou marcar pelo adversário. Nenhuma bola conseguia chegar direito ao ataque. Muito chutão pra frente, e lançamentos pouco efetivos para as laterais. Nesse ponto, o Patric me surpreendeu positivamente. Mostrou muita vontade de superar suas limitações técnicas e se apresentou bem no jogo, tanto no apoio ao ataque, quanto na defesa, mesmo protagonizando erros bobos, que não se pode admitir em um jogador do Galo. Do outro lado, um único comentário: Leandro já deu. Acho que nem pra contar piada e animar o grupo, serve mais. Acaba por distrair os outros e perder o foco.
Como disse antes, o jogo contra o São Paulo seria O jogo. Aquele que poderia mostrar nossas falhas, e foi o que aconteceu. E um fato me chamou a atenção: voltamos a 2007, quando ficávamos rondando a área adversária, e não havia um chute de fora da área, nem mesmo alguém para finalizar.
O jogo de ontem demonstrou que precisamos de um lateral esquerdo (apesar deeu  considerar que já temos Guilherme Santos), um camisa 10 e um atacante de área que, ontem, fez falta.
Pra terminar: muitos disseram que o SPFW jogou como time pequeno e por isso o Galo não venceu. Foi, jogou sim! Mas e daí!? Que se dane todos os times que vierem enfrentar o Galo fechadinho! Temos que ter a qualidade e inteligência suficientes para abrir a defesa e marcar nossos gols. E mais, temos que ter atenção para evitar que um contra ataque acabe com nossas esperanças de vitória, que foi o que acontenceu ontem. O gol do SPFW foi exatamente após um contra ataque, em que todos bateram cabeça, situação que se repetiu em outro lance que, Graças a Deus, não se transformou em gol, por causa de Leonardo Silva que esticou a perna e desviou a bola.

domingo, 5 de junho de 2011

PELÉ X MARADONA

Essa velha polêmica, enfim, foi solucionada por uma pesquisa altamente qualificada, baseada em critérios estritamente técnicos (principalmente o último item), divulgada em um boteco do Espírito Santo.

sábado, 4 de junho de 2011

NO CIRCO BRASIL O PALHAÇO É VOCÊ

Todos sabem que este espaço é dedicado a falar de futebol e automóveis. Não ncessariamente de Kombis, mas obrigatoriamente do Galo.
Entretanto, depois de dois eventos envolvendo políticos, meu estômago embrulhou, e resolvi fazer deste post o comprimido contra o enjoo que senti ao ouvir as "explicações" do dublê de político e presidente do Cruzeiro, Zezé Perrela, sobre sua fazendinha de R$60milhões, e do político profissional, Ministro Chefe da Casa Civil, Antônio Paloci.
Zezé Perrela justificou, em ridícula entrevista a João Vítor Xavier, politico-radialista, eleito não pela força de suas idéias e propósitos, mas pela força de sua popularidade decorrente de anos no rádio, caminho pelo qual trilhou também Alberto Rodrigues, (e pelo qual também vai seguindo Mário "Caixa" Henrique, não sei porque, já que é um cara nota 10 e não tinha porque querer entrar nesse bueiro mal cheiroso que a política brasileira), que a fazenda não é sua, mas de uma empresa da qual cedeu a integralidade das cotas a seus filhos e um sobrinho, antes de se candidatar a suplente de senador na chapa de Itamar Franco.
Até aí, tudo bem, até porque a entrevista era "chapa azul e branca", já que João Vítor Xavier também é cruzeirense. Mas se observarmos mais detidamente as palavras do presidente azul, emerge clara e cristalinamente, a confissão da transformação de seus filhos em seus laranjas, para escapar da vigilância da Justiça Eleitoral e da necessidade de dar explicações à ela.
A desculpa de que deixou a empresa, uma grande indústria agropecuária, pela sua própria descrição, não cola! Quem em sã consciência, depois de alcançar os resultados de anos de árduo trabalho, como ele mesmo fez questão de frisar, vai deixar tudo o que construiu na mão de seu filho de 26 anos de idade, para se dedicar exclusivamente à política e ao futebol!? Ora, conta outra Zezé! É claro que esse "desprendimento" tem outros fundamentos.
Alguém que, como eu, que tem 25% de uma kombi, um carro e um apartamento financiado, faz questão de colocar tudo em seu nome e administrar esse poucos bens, justamente porque são o produto de seu árduo trabalho, assim como os poucos leitores deste espaço...
E, para coroar o primor das explicações, Zezé Perrela ainda justificou que ninguém consegue sobreviver com menos de R$100mil por mês!
O presidente do cruzeiro deu um tapa na sua cara, caro leitor, que talvez não receba isso nem no ano, ou em dois, cinco...

Olha o zezé rindo de você...

O outro assunto que me revirou o estômago foi a "explicação" do Ministro Paloci sobre seu súbito aumento patrimonial e e o lucro de sua consultoria.
A entrevista, também muito gentil e amigável da TV Globo, que como Andrés Sanches já disse, são uns gangsters, também não serviu para nada.
De acordo com Josias de Souza, do UOL, 10 perguntas ficaram sem respostas:

1. Quem foram os clientes da Projeto, empresa de consultoria de Palocci?
2. Afinal, que tipo de serviços Palocci vendia aos seus clientes?
3. Como assegurar que Palocci não vendeu facilidades no governo do PT?
4. Quanto o Palocci faturou como consultor entre 2006 e 2009?
5. Por que o faturamento de Palocci saltou para R$ 20 milhões em 2010?
6. Como se explica que Palocci, consultor solitário, tenha amealhado em 2010 faturamento igual ou superior ao das maiores consultorias do país?
7. Por que Palocci não informou a Dilma o nome de seus clientes e o faturamento de sua empresa?
8. Como fez Palocci para separar o caixa eleitoral de Dilma da caixa registradora de sua empresa?
9. Por que Palocci não divulga os ofícios que remeteu ao procurador-geral?
10. Por que Palocci trocou o milionário escritório de consultoria pelo contracheque mixuruca de ministro?

Está claro que a consultoria do ministro nada mais é que obtenção de favores e venda de influência a diversos setores do governo federal. E apesar de todos já terem percebido isso, nada será feito e ele continuará aí...
(Atualização do blog: li na Folha de hoje, 05/06/11, que Dilma consultará Lula antes de tomar qualquer decisão sobre Palocci. Mas o presidente é quem!? Dilma ou Lula!?)

Reze para ele e seu patrimônio aumentará!
 
A política no Brasil, hoje, definitivamente, não tem lugar para pessoas sérias..
Pois é, esse é o Circo Brasil. Aqui o palhaço é você!

sexta-feira, 3 de junho de 2011

FÁBIO COSTA E O GALO

Um assunto que li hoje no Galonautas me chamou a atenção e me incomodou bastante: Fábio Costa, seu salário, sua "aposentadoria" e as repercussões negativas que isso traz ao Galo.
A notícia, obtida no UOL, diz que "Fábio Costa encara rejeição, férias forçadas e soma R$ 800 mil sem trabalhar" quem quiser ler a íntegra da matéria clique aqui.
Pra mim, pessoalmente, é um absurdo um cidadão ganhar quase 800mil sem trabalhar, enquanto milhões de outros brasileiros não trabalham e passam fome, vivendo na miséria.
Isso sem falar em outros tantos milhões que, trabalham, e muito, para ganhar um miséria, e passar enormes dificuldades.
Me espanta, ainda, o sossego com que esse cidadão encara tais fatos, como uma aposentadoria forçada, aguardando oportunidades em times grandes, apesar de sua enorme rejeição no meio do futebol. Isso, pra mim, é uma afronta a milhares de pessoas que querem trabalhar porque precisam sobreviver. Esse é, infelizmente, mais um come-dorme que o Atlético sustenta, graças ao malsinado "trabalho" de Vanderlei Luxemburgo no Galo. Eu falei, ainda em dezembro de 2009, que esse cara ia fazer muito mais mal que bem ao Galo (quem quiser conferir, de novo, "10 razões para não ter vanderlei luxemburgo", clique aqui.
Mas, ofensa por ofensa, o Brasil já tem muitas, o Galo também, e essa não é a primeira e nem será a última.
O difícil é ver que o Galo irá gastar, até o fim do contrato de empréstimo, R$900mil só com ele, e não poderá fazer nada por força do contrato, que tem que ser respeitado. Infelizmente é assim.
Não sei quais são os termos do contrato, mas será que não seria melhor firmar um distrato com o Santos, pagando a eventual multa existente, claro, dependendo dos valores envolvidos!? 

Quero aproveitar e dar os parabéns ao Zeca do Galocast, ainda que com um pouquinho de atraso, pelo seu aniversário, comemorado ontem, 02/06/11. É mais um que ganhou uma volta na GaloKombi!

quinta-feira, 2 de junho de 2011