GaloKombi em vídeo

Loading...

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Parece que o fôlego acabou

O jogo de ontem contra o Guarani foi, simplesmente, ridículo.
O time não foi nem sombra da equipe que enfrentou o crucru, e venceu, com raça, suor e sangue, e não chegou nem perto do que enfrentou o Botafogo, no último sábado, em que, mesmo perdendo, mostrou qualidade.
Ontem foi, mais uma vez, um amontoado de gente correndo pra lá e pra cá, sem efetividade, e quando chegava ao gol, perdia as chances claras.
O placar de ontem era pra ser uns 3x2, considerando as chances perdidas por Obina, Tardelli e Fernandinho, os milagres realizados por Renan Ribeiro, e ainda, a sorte descomunal do time, como no lance do Guarani, logo após a chance desperdiçada por Obina, em que o jogador deu um carrinho com o gol livre, mas não alcançou a bola.
Já disse que não vou comentar jogos, porque vamos dizer sempre a mesma coisa, e hoje não seria diferente, considerando a invenção do Dorival, com Mendez, o maior 171 do futebol esse ano (junto com Diego Souza), no meio campo, no lugar de Renan Oliveira. Por isso, paro aqui, com minhas manifestações sobre o jogo.
O que parece é que o fôlego acabou.
Parece que o time se encheu de confiança contra o Botafogo, depois da vitória sobre as marias, voltando a se achar, como se achava na época do Luxa. Partiu pra cima e, com as várias chances perdidas achou que, quando quisesse, resolveria. Excesso de confiança, que deu no que deu. Dois contraataques e dois gols...
E contra o Guarani, parece que o time sentiu o baque da derrota para o Botafogo, além da pressão descomunal pelo resultado, já que o jogo foi considerado o jogo do ano pro Galo. Muita afobação, pouco resultado, levando Dorival a reconhecer que esta foi a pior partida sobre seu comando.
Parece que o resultado contra o Botafogo fez a equipe se desanimar demais. Parece que o fôlego acabou, que a virada, a reação que se desenhava, já era...
Não digo que já era, mas, ao contrário de antes, já não digo que não vai ser...
REAGE GALO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário