GaloKombi em vídeo

Loading...

segunda-feira, 4 de julho de 2011

O AMADURECIMENTO DA TORCIDA

Não comentei aqui, sobre o jogo do Galo contra o Inter, na quinta-feira, tendo feito apenas na nossa coluna no Galonautas (quem quiser ler clique aqui).
Mas, passado um tempo, e com a cabeça mais fria, arrisco essas palavras, amparado no que li nestes dias, nos diversos blogs, sites, redes sociais e seja lá mais o que for que noticie o dia-a-dia do Galo.
E pude perceber que a torcida amadureceu.
Claro, sempre vão existir os baba-ovos de costume, mas uma parcela da torcida parece dar sinais de amadurecimento.
As cobranças sobre jogadores e técnicos, que sempre existiram, começam a ultrapassar as quatro linhas e subir em direção à tribuna...
Li diversas cobranças ao Presidente, ao Diretor de Futebol, sobre os mais variados assuntos, desde títulos e contratações, até sobre pedidos de paciência, passando pelo saco cheio do famoso bordão "trabalho, trabalho e trabalho".
Eis alguns exemplos:

"O Presidente costuma dizer que, até o dia 31 de dezembro, há um homem no comando do Atlético, mas ninguém sabe ainda quem é esse homem. Será algum dos jogadores que lideram grupos? Será o diretor Maluf que traz meia do Qatar, com Bernard fora do banco de reservas, entre outras trapalhadas?" (Fael - Camisa Doze - http://camisadoze.net/2011/07/nao-ha-luz-no-fim-do-tunel.html)

"Ontem no twitter, cheguei a isentar Dorival de culpa, mas pensando friamente, ele é sim um dos culpados, assim como Kalil, Maluf e principalmente os jogadores." (Gabriel Castro - Contagiando Multidões - http://contagiandomultidoes.com/2011/07/um-vexame-atras-do-outro.html)

"Chega de presidente que acha que no fim tudo vai da certo, que estamos no caminho certo e que o importante é pagar em dia e ter estrutura. Pra que isso presidente? Os salários pagos não caem na minha conta, toda essa estrutura se eu não posso entrar! A única coisa em que a torcida pode desfrutar são os títulos. Porque eles não são físicos, não são materiais, não é uma simples taça, mas o orgulho de ter vencido, o poder de gritar é campeão em que naquele momento ninguém mais pode. Chega de desmanche em meio de campeonato. Chega de contratar em Massa, e vender os ídolos. Chega de contratar por Dvd ou por indicação de empresário." (Thales Eduardo - Galo de Prata 13 - http://galodeprata13.blogspot.com/2011/07/dor-sem-fim.html)

"Depositamos todas as nossas fichas em uma pessoa, demos a ele apoio e confiança, que até o momento não foi retribuído. O presidente do Clube Atlético Mineiro, quando assumiu o clube foi enfático ao dizer que os torcedores não precisariam entrar na internet para saber sobre jogadores que estariam chegando ao clube. E infelizmente não foi isso que aconteceu! Alguns erros são constantes na vida da instituição e uma delas são as contratações sem critério." (Leonardo Guerra - Galo é Minha Vida - http://galoeminhavida.com/2011/07/goleada-de-erros.html)

"E não espero nada de reforços de uma diretoria sonolenta e míope, que, apesar dos apelos de milhares de atleticanos em relação ao fortalecimento do time, se faz de surda, como se tudo fosse uma bobagem de gente que não entende nada. Pois é, são nessas horas que a gente constata quem é que entende alguma coisa. E quem se julga dono da verdade e não é. Manter um time desses sem reforços, durante tanto tempo, sem ouvir ninguém, só pode vir de UMA CAMBADA DE IRRESPONSÁVEIS!!!"""" (Roberto Filho - Lances e Nuances - http://lancesnuances.wordpress.com/2011/07/01/vergonha/)

"Ser presidente, ser marrento, falar demais, não é questão de ser líder e nem ter uma boa gestão. Os jogadores não tem que ter medo e sim respeito, transmitindo isso durante as partidas trabalhe mais e fale menos." (Gilbert Silva - NotiGalo - http://www.notigalo.com/2011/07/mais-uma-vez-o-galo-decepciona-sua.html)

Esses foram alguns exemplos.
E essa cobrança, feita à diretoria, é boa. Mostra que a torcida do Galo não é essa massa de manobra, de ignorantes que muitas vezes diretoria, técnicos, jogadores e imprensa acham que é.
Eu já havia dito, ainda em 2008 (e quase fui apedrejado, como se opinião fosse blasfêmia), que não queria o Kalil como presidente do Galo, justamente por causa de sua postura de torcedor-presidente e não de presidente-torcedor, que acaba metendo os pés pelas mãos, tal como ocorrido na época das ligas, em que ele era diretor de futebol, e fez o que fez, com contratações ruins, dispensas inexplicadas e súbitas, além de causar a perda do prestígio que o Atlético tinha até então, justamente por causa da postura inflexível na defesa das ligas, em que todos sabemos o desfecho amplamente favorável a Ricardo Teixeira.
E, até agora, dou minha mão à palmatória em parte, pois, se na questão administrativa a coisa parece estar indo bem, e digo parece porque só temos como fonte das informações de finanças o próprio Atlético, e por isso não temos como confirmar as informações, numa espécie de auditoria externa da torcida, no quesito futebol, chamado pelo próprio Kalil de "carro-chefe" do Clube, a situação não é boa. Pelo contrário!
Pela terceira vez em três anos, Kalil recria o time. De 2008 para 2009, tudo o que era herança do Ziza praticamente foi expulso do Galo. De 2009 pra 2010, demissão de Celso Roth e contratação do ridículo Luxemburgo (que não canso de dizer que fui contra e provo - clique aqui), além da dispensa de diversos jogadores que eram a espinha dorsal daquele time, com a contratação de quase dois times ainda em 2010, e a demissão de vários deles em 2011, com a contratação de um time inteiro, cuja maioria não apresentou os resultados esperados. Muitos deles já fora de combate em outros países, que vem aqui passar uma temporada, sem qualquer compromisso sério com o Galo. E, como já sabemos, sem compromisso, sem interesse no que se faz, ninguém chega a lugar algum. E isso, que já vimos claramente em 2010, para mim, começa a se repetir em 2011.
Kalil acha que o dinheiro do BMG resolverá tudo e repete, assim, o mesmo erro de 2010! Não é o dinheiro que irá tirar o Galo desse atoleiro que nos metemos, mas as pessoas. As pessoas com interesse que o que vimos em 2010 não se repita. Pessoas verdadeiramente interessadas no sucesso do Atlético, o que, até aqui, são poucos.
Espero que as cobranças sirvam para abrir os olhos dessa diretoria, que, se na área administrativa está fazendo, ao que parece, um bom trabalho, dentro de campo está em dívida, e muita, com a torcida.
Como disseram vários blogs: chega de melhor CT, chega de melhor média de público, chega de melhor torcida, chega de muitas contratações. QUEREMOS RESULTADOS! QUEREMOS TÍTULOS!
E a virada tem que ser agora, sob pena da não suportamos mais as ofensas que os últimos elencos do Galo nos tem feito, e transformar nossa desilusão em desprezo, o que acabará por transformar O Grande Clube Atlético Mineiro num novo Guarani de Campinas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário