GaloKombi em vídeo

Loading...

quarta-feira, 20 de julho de 2011

SOBRE O PROTESTO DE ONTEM (19/07/11)

Acompanhei o protesto organizado pelo Esquadrão Atleticano, na sede de Lourdes, realizado ontem, dia 19/07/11, ao vivo na Alterosa durante o programa do Marques.
Vi também que o pessoal do Fórum do Galo estava lá, manifestando e postando fotos e vídeos, além da cobertura do Coutinho, pelo Galocast.
E, sinceramente, o protesto só valeu para deixar claro à diretoria que os tempos da conversa mole pra torcida já acabaram, e que a paciência já acabou.
Digo isso porque, efetivamente, o protesto de ontem, infelizmente, não trará resultados imediatos. Não haverá a tão esperada demissão do treinador (por uns), ou de muitos jogadores (para a maioria). Até porque, no protesto, não havia uma "lista de reivindações", por exemplo.
Como pedir a dispensa de uma série de atletas, algo que foi feito, apenas, pelo Bruno Cesar (@zonarock13) e um amigo, que portavam fotos do Patric e Magno Alves com imenso X em suas caras.
Fora isso, de concreto, só o cartaz contra o BMG e Ricardo Guimarães.
A faixa que o Infocam portava, criticando os jogadores "come-dorme" embora tenha o apoio da imensa maioria, inclusive eu, não, serve, com a devida vênia, para um protesto organizado.
Nesses eventos, na minha opinião, o protesto deve ser direcionado contra, no caso, alguém, ou, melhor, contra cada atleta, individualmente, que não está correspondendo.
Por exemplo: Guilherme Santos pelas ofensas aos torcedores; Patric pelo baixo nível técnico; Maluf pelas péssimas contratações; e por aí vai (se for dizer um a um esse post ficaria pequeno para tanta necessidade, e até por isso, talvez, que o próprio protesto não teria como fazer isso).
Mas, para piorar tudo, e, na minha opinião, esvaziar o ato por completo, foi a aparição supresa do Presidente Kalil.
Para muitos, ele desceu pra por a cara a pra bater. Para outros, entre eles eu, foi lá fazer o que sabe: jogar pra torcida e ser aclamado nos braços da massa.
Suas palavras foram as de sempre: começo, cuidado, trabalho, devagar, sofrimento, esperança, paciência...
Nenhuma pergunta mais incisiva lhe foi apresentada, nenhuma resposta concreta foi apresentada, tendo sua aparição se limitado a cbranças sobre acesso ao CT, no que teria respondido (não vi o vídeo em que isso estaria gravado), que haveria um cadastramento de torcidas/torcedores, e a cada 30 dias seria liberado um dia para essa visitação. Quando e como isso seria feito, e ainda, se a visitação seria feita em dia de treino, não foi dito.
E pra encerrar com chave de ouro, o protesto virou sessão de fotos com o Presidente.
Quer dizer, na minha opinião, a recepção aos jogadores no aeroporto foi muito mais contudente que o evento de ontem.
Ah, antes que me apedrejem por aqui, quero esclarecer que não sou contra qualquer manifestação da torcida, em termos de cobrança de atitude de atletas e diretoria. Ao contrário, sendo pacífico, apoio todas.
Mas, devemos observar quando as coisas fazem acontecer e dão resultado e quando não fazem e não dão resultado, como ontem, em que o Presidente foi muito mais perspicaz, e conseguiu fazer a coisa virar em seu favor, esmorecerendo todos os exaltados ânimos de que lá compareceu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário