GaloKombi em vídeo

Loading...

quarta-feira, 3 de abril de 2013

O CUSTO DO CAMPEONATO MINEIRO

O Galo encara o Arsenal hoje, pela Liberadores, sem Bernard, lesionado no jogo contra o Tupi pelo Campeonato Mineiro.
E, se no jogo contra o Arsenal, na Argentina, a participação de Bernard foi decisiva, a ponto do jornal Olé "agradecer" pela sua ausência, só agora veremos o custo que o Campeonato Mineiro pode ter.
Sim, porque ainda não sabemos qual o custo que a ausência de Bernard pode ter no esquema ofensivo do Galo, e se Luan conseguirá suprir essa falta.
Claro que não podemos esperar de Luan a mesma qualidade ou capacidade de Bernard, pois, embora tenham estilos de jogo bem parecidos, não podem ser comparados: falta muito para Luan se tornar um Bernard.
E é aí que voltamos a discutir, como já discutimos no Galocast, quão prejudicial pode ser o Campeonato Mineiro para as pretensões do Galo nos demais campeonatos.
O risco de perder um atleta do nível de Ronaldinho, insubstituível, como ocorre agora com Bernard, é alto e evidente, neste campeonato de baixo nível técnico, de péssimas instalações (as imagens da concentração do vestiário do Galo no Nassri Mattar e o campo do Villa Nova em Nova Lima são prova disso).
O custo da ausência de Bernard começará a ser medido hoje, e ainda poderá ter reflexos na última partida da fase de grupos, contra o São Paulo, em que poderemos selar a conquista da melhor campanha geral da Libertadores.
É tempo de repensar o futebol: desde as fórmulas dos estaduais, até a utilização de atletas, devendo até passar por uma nova atitude dos dirigentes, se negando a realizar certas partidas em locais sem condições.
Um futebol que cobra caro de seus torcedores não pode, jamais, ser administrado e realizados nas condições em que atualmente é!

Nenhum comentário:

Postar um comentário