GaloKombi em vídeo

Loading...

terça-feira, 16 de julho de 2013

10 MOTIVOS PARA A FINAL DA LIBERTADORES SER NO INDEPENDÊNCIA


A polêmica causada pela Comebosta, em fixar o segundo jogo das finais da Libertadores, no Marião, em detrimento do Independência, tem causado amplas discussões em Belo Horizonte, especialmente no Twitter.
Aqueles que se pronunciam a favor do Marião alegam que isso permitiria a ida de um maior número de torcedores.
Os que defendem o Independência, afirmam que se trata de uma picaretagem da Comebosta, cuja sede é no Paraguai, para beneficiar o Olimpia, uma vez que o Defensores del Chaco só tem capacidade para 36mil torcedores, ou seja, não alcança o número mínimo estipulado no regulamento, no que estão cobertos de razão.
Porém, na opinião deste motorista, o Independência é O lugar para realização dessa final, e pelos motivos que apresentamos abaixo, salientando que é apenas a MINHA opinião, que não representa a verdade absoluta, bem como, que respeita as opiniões em contrário!

1. IDENTIDADE - a torcida do Galo já tem identidade com o estádio, pois é ali que se sente em casa. O Independência, e todo seu entorno, já acolheu a torcida atleticana, e isso faz interfere até mesmo na relação do time com a torcida, pois a proximidade com o campo traz uma cumplicidade que não existe no Marião, e quem foi ao jogo contra o Villa Nova percebeu isso.

2. ACESSO - o Marião está na Pampulha, o Independência, no Horto. Nem preciso dizer das distâncias em relação ao centro da cidade. E ainda é mais fácil chegar de metrô e ônibus.

3.  ESTACIONAMENTO - no Horto, embora seja uma área eminentemente residencial, tirando o entorno do estádio, em todas as demais ruas pode-se estacionar o carro, sem falar nos incontáveis estacionamentos, coisa que no Marião inexiste. Ir de carro, significa estacionar de acordo com o "Padrão FIFA", ou seja, pagando R$50,00 no estacionamento do estádio (que foi reduzido de 7900 para 2500 vagas), ou longe pacarái...

4. BARES - os bares da Pitangui, da Ismênia Tunes e da Silviano Brandão são os substitutos das barraquinhas que ficavam no entorno do Mineirão. Pode parecer uma bobagem, mas os bares hoje são os pontos de encontro dos torcedores, que já estão com suas turmas programadas, inclusive os novos amigos que só se encontram lá. No Marião tem o Peixe Vivo, ok. Mas é só ele! Assim, ficamos à mercê dele e dos ambulantes. No Horto, opções não faltam, e isso, hoje, faz toda a diferença.

5. REFERÊNCIA - o time já conhece o campo. Isso faz diferença, pois não precisamos de adaptação, o que já seria necessário no Marião que, embora os campos tenham a mesma medida, o estádio é diferente, o que faz diferença para o jogador, que perde algumas referências para chutes, cruzamentos. Éder Aleixo já confirmou isso.

6. PRESSÃO DA TORCIDA - quem foi ao jogo contra o NOB viu que o apitaço surtiu efeito. Era praticamente impossível conversar em campo. E quem foi ao Marião, no jogo contra o Villa Nova, viu como a torcida fica distante do campo e apática com isso. Somos torcedores diferenciados, claro, mas o fator campo também nos impulsiona.

7. MODINHAS - no Marião, com mais ingressos, mesmo que sejam mais caros, claro, teremos mais modinhas... Com os 20mil ingressos para o Independência, e já com a evidente dificuldade de adquiri-los, os modinhas já desistem de antemão, o que afasta o torcedor chato que vai a campo não para acompanhar e torcer pelo time, mas apenas porque torcer para o Galo virou moda.

8. RENDA - ainda que a renda da venda de 54mil ingressos seja maior que a renda da venda de 20mil, no Independência a parceria com a BWA já rendeu muito em benefício do Galo, além de ser um desprestígio com o parceiro.

9. PSICOLOGIA - embora tenhamos time para vencer o Olímpia em qualquer lugar, desde que o Independência foi inaugurado, somos imbatíveis. Psicológico ou não, vai que...

10. JUSTIÇA - quem foi a todos os jogos (mineiro, brasileiro e libertadores) se espremeu na entrada, mofou em filas, mas esteve lá, custasse o que custasse. Facilitar a vida de que só vai na final, é uma injustiça com quem sofreu desde de 2012...

11. FODA-SE - EU QUERO O INDEPENDÊNCIA!

Acelera Galo!!!

Um comentário:

  1. Rodrigo Eustáquio16 de julho de 2013 11:20

    Se é modinha, então é GaloRestart!!! rs

    Concordo em partes, creio que com mais torcedores (sendo eles da geração modinha ou não) vai fazer a diferença... Torcedor do Galo é diferenciado como você mesmo disse e isso pesa na hora da decisão... Prova disso foi na serie B em que o Galo jogou no mineirão e lotou os 2 estádios. Logico que não tem comparação serie B com libertadores (competições completamente diferentes). Então lota o estadio!

    Concordo na parte da JUSTIÇA... Galo é Galo, torcedores lado a lado SEMPRE, seja na serie B, Brasileirão ou Libertadores... Nada mais justo com esses torcedores que ta com o galo e não abre mão!


    Concordo mais ainda com essa PALHAÇADA que é a Conmebol, na verdade CBF e FIFA já nem tem descrição...

    ResponderExcluir