GaloKombi em vídeo

Loading...

domingo, 28 de agosto de 2011

GALO REPETE O SCRIPT


Um primeiro tempo sofrível.

Como temos visto desde o início desse campeonato, perante equipes de razoáveis para boas. Um gol, e o moral dos jogadores desaparece.

O sofrimento de costume para a torcida, por ver Serginho, Richarlyson, Eron e Caio em campo.

Um segundo tempo primoroso, com a entrada de Daniel Carvalho, pressionando o Cruzeiro, e desperdiçando chances. Uma atrás da outra. Um gol de empate em excepcional chute do prata da casa Filipe Soutto. Parecia que a solução estava em casa, mostrando que não há necessidade de sair contratando como essa diretoria tem feito.

O moral da equipe se eleva, e pressiona o adversário. E continuam as chances desperdiçadas.

No final, um gol do adversário, e a derrota se completa.

Roteiro de filme ruim!?

Poderia ser, se não fosse, apenas, mais uma partida do Atlético, como tantas outras nesse brasileirão e na Sulamericana, diante do Botafogo.

Só que, desta vez, a derrota, depois do mesmo roteiro de sempre, foi para o Cruzeiro. O primeiro e maior adversário.

E em um momento decisivo: o fim do turno, em que a vitória poderia reescrever a história desse time no resto campeonato.

Mas, infelizmente, foi mais do mesmo.

E, pelo visto, é assim que o filme continuará até o fim do ano.

Porque o Galo precisa melhorar em 100% seu desempenho e aproveitamento, nesse returno, para chegar a 40% de aproveitamento no fim do campeonato, e garantir os 45 pontos que podem garantir a permanência do Galo da primeira divisão.

Entenderam a ironia da matemática!?

Nenhum comentário:

Postar um comentário